DONA SUMMER VIVE EM CURICICA!

»Públicado por em set 14, 2014 | 6 comentários

 

Nem precisava Xana Summer (Aílton Graça) usar as mãos para chamar o público na hora de ‘cantar’ ‘Come on, baby! Come on!’, no final de um dos maiores hits da Disco Music, Last Dance. As quase 300 pessoas, entre crianças, adultos e equipe técnica de IMPÉRIO já estavam completamente entregues à performance da Diva de Santa Teresa, revivendo a Rainha das Discotecas, Donna Summer

texto: Simone Magalhães

fotos: Fco. Patrício

____________________________

Aílton se esmerou na coreografia e no ‘embromation’, além das caras, bocas e mãos – típicos das dublagens de transformistas – e deu um showzaço, ontem, 13/9, no ginásio do Sindicato dos Radialistas do Rio, onde foi gravada a tradicional festa de Cosme e Damião, na qual a cabeleireira investe anualmente suas economias. No pequeno palco – com quadrados espelhados multicoloridos ao fundo, e ‘fumaça’ do gelo seco -, Aílton foi grande. E nas três vezes em que se apresentou com vestido e peruca idênticos aos da falecida cantora americana, nem foi preciso pedir: a plateia dançou, gritou, pulou e, no final, espontaneamente, puxou o coro: ‘Xana! Xana! Xana’. E tome chuva de papel laminado prata e vermelho. Apoteótico!  E tudo isso num calor de quase 40 graus. Aílton, em seu longo de lamê preto e prata, com boás brancos, se esvaía em suor entre uma apresentação e outra. Na hora de a maquiadora Paula Cris, e de o cabeleireiro Paulinho darem os retoques no visual, integrantes da técnica  – e até Viviane Araújo e Cris Vianna – abanavam o ator. Mas ele não perdeu o bom humor em momento algum. ‘É muito emocionante, principalmente vendo todas essas crianças aqui, dando alegria a elas’, comentou o ator, emocionado, no fim do show. E como sua personagem, ele também crê em Cosme e Damião, e tem em casa um altar ecumênico: “Sempre fiz festa para eles, todos os anos. E faço meus pedidos e agradecimentos nesse altar. Há dois meses estreei uma peça chamada Samba Pra Nossa Senhora, e sou devoto de Nossa Senhora Aparecida. Tenho esse lado de fé, como a Xana. E dentro da minha ‘mistureba’ de devoções rezo Pai Nosso e a Ave Maria, que dão muito conforto. E não abro mão de pular minhas ondas, no fim do ano”.

 

Mas Last Dance – bem ao contrário do título da música – era o início de tudo. A festança para homenagear os protetores das crianças (e também dos médicos, que Cosme e Damião foram em vida) não poderia ser mais completa. O salão estava decorado com reproduções de imagens dos santos e dos sacos de doces em tamanho gigante, e bolas coloridas, nas paredes; um bolo enorme, também com a figura dos dois, e muitas balas, na mesa. Sem falar nas carrocinhas de cachorro-quente, algodão doce, pipoca, e muitas garrafas de refrigerantes. Bel Leal e Flavia Cristofaro, da produção de arte da novela, cuidavam de cada detalhe. “Fizemos uma pesquisa para montar uma festa bem popular,  unindo, é claro, com o que já conhecemos”, explicou Bel. Flavia falou da preocupação com os doces e as lembrancinhas que seriam dadas durante a festa. ” No sacos de Cosme e Damião têm pé-de-moleque, mariola, pipoquinha, balas, entre outros. Junto vêm, pião, joguinhos e brinquedinhos pequenos. E também daremos bolas, bonecas, cavalinhos de pau, petecas e vários brindes”, comentou ela.

Imaginem o alvoroço da garotada diante de tudo isso. Isabelle de Sousa, de 9 anos, veio com a mãe de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, para fazer figuração na gravação. A menina estava deslumbrada: ‘Nunca vi uma festa tão linda! Será que pode levar as coisas pra casa?’, preocupava-se a menina. E podia, claro. “São 125 figurantes, de 8 a 13 anos. Haverá uma fila e tudo será distribuído”, contou o assistente de direção Marcos Torres. Quem tem experiência nesse tipo de festa sabe que, muitas vezes, nem com senha (quem já não pegou senha para receber os saquinhos de doces no dia 27 de setembro?) dá certo. Como vários brindes já haviam sido entregues no início do show de Xana, aos poucos, depois todos foram recebendo aos poucos, sem aquela confusão que, normalmente, se forma nas ruas.

 

 

 

Enquanto Seu Antoninho (Roberto Bonfim) pedia que a meninada fizesse fila e tivesse calma, na gravação, Aílton desmontava a Donna Summer, colocava uma bata e uma calça azul larga (e seus brincos de búzios), no camarim improvisado numa das salas do Sindicato. E novamente Paula Cris retocava o make de Xana. Viviane se atracou com um cachorro-quente, antes de reforçar o batom da Naná. “Nossa! Estou adorando tudo isso. E agora ainda vou casar com Xana!”, comentou, divertida. E completou: “Acho que é uma prova de amor incondicional da parte dele: casar pra poder adotar o Luciano. E a relação de Xana e Naná é uma ligação de alma, que transcende essa vida”. Aílton concorda: “Ela é a única pessoa que sabe realmente quem ele é. Acho que os dois têm um histórico de relação”. Será? Hummm.

Já Cris Vianna disse que acreditava em religiões e tinha lembranças de ter pegado doces com as crianças da vizinhança, no dia dos santos gêmeos. Pergunto se essa força que Seu Antoninho está dando à sua personagem não pode acabar em romance. “Ela o tem como um pai. E é bom que se mostre isso na novela: que no universo do carnaval também há amizade, respeito, que as pessoas demonstram afeto sem outros interesses”, observa. Mas e Elivaldo (Rafael Losso), pode ser um novo amor para a sua Juju? “Acho que ela precisa de um tempo. Estou fazendo a personagem com uma enrgia diferente da que tinha quando era casada,e mais leve, sutil. Agora, ela está vendo que é importante trabalhar, ajudar a Xana – não quer ficar encostada lá -, criar o filho. Foi uma decepção muito grande a que sofreu com o Orville. Eu, Cris, teria uma mágoa profunda, e nunca largaria meu trabalho por um homem”.

 

 

 

 

Hora de voltar a gravar no salão, dessa vez ao som de ritmistas e auxílio luxuoso de passistas da União da Ilha do Governador, que representavam os integrantes do fictício Grêmio Recreativo União de Santa Teresa. Para animar ainda mais a galera, Xênia (Elaine Mickely) foi sambar à frente da bateria. No meio da plateia, Juju (Cris Vianna), doida para dançar. Não deu outra, Xana, Naná (Viviane Araújo) e Seu Antoninho deram a maior força para a ex de Orville (Paulo Rocha) mostrar seu gingado ao lado de Xênia. Ela hesitou, mas foi. “Quem foi rainha, nunca perde a majestade”, Seu Antoninho repetiu o antigo dito popular. E Juju arrasou! Todos começaram a gritar o nome dela, para despeito de Xênia. Depois da discoteca, o samba nos pés das crianças e adultos que foram saudar Cosme e Damião.

E pra melhorar ainda mais as coisas, no fim da gravação, farta distribuição de mini sanduíches, cachorros-quentes, hambúrgueres, bolo de abacaxi, sucos, refrigerantes. Tanto que muitas crianças preferiram trocar o almoço da produção pelos quitutes. E, no camarim, o cabeleireiro Paulinho entregou a Aílton Graça um bolo, em nome de toda a equipe, pelo aniversário do ator, que completou 50 anos no dia 09/09. Lógico que ele ficou emocionado, todos cantaram: ‘…Aílton, eu vou comer seu bolo’, deram muitos parabéns, beijos. E não é que foram muitas comemorações em uma? E fui embora morrendo de raiva de ter vergonha, e não pedir um saquinho – dos que sobraram, claro! -, que não sou de tirar doce da boca de ninguém…

 

Faça seu comentário

XANA TEM PERNAS!

»Públicado por em set 14, 2014 | 6 comentários

 

 

Enquanto, no ar, Xana chorava a morte da amiga Teresa e a orfandande do menino Luciano, numa comunidade em Jacarepaguá ela gravava, para centenas de crianças locais, o Xou da Xana – sua exibição anual como a diva Donna Summer durante a festa de Cosme e Damião que ela patrocina para as crianças carentes. Aílton Graça deu tudo de si e mais alguma coisa e a garotada, que não parava de gritar “Xana, Xana, Xana”, foi ao delírio. Aguardem a cobertura completa e exclusiva, daqui a pouco, aqui mesmo no asdigital. Com dezenas de fotos!!!!!

 

Faça seu comentário

A LEI É DURA, MAS E LEI

»Públicado por em set 13, 2014 | 12 comentários

 

XANA ENTREGA LUCIANO

AO JUIZADO DE MENORES

E ELE VAI PARA UM ORFANATO!

Desculpem, porém, mesmo sofrendo muito e com o coração em frangalhos, Xana vai fazer o que é correto: entregar Luciano ao Juizado de Menores, que o encaminhará a um orfanato. Pois embora seja dura, a lei é a lei, e se Xana a desobecesse teria que arcar com as consequências. Como não é parente, ele não pode fica com o menino. Pode até tentar adotá-lo, mas para isso teria que seguir os trâmites legais, além de enfrentar o preconceito, por ser solteiro e gay, que tornaria a adoção quase impossível. Mas, sendo Xana quem é, quanto vocês apostam como ele vai querer adotar Luciano mesmo sabendo que terá que enfrentar tantos percalços?

Faça seu comentário

ELES INVENTAM E AUMENTAM!

»Públicado por em set 12, 2014 | 12 comentários

 

Aguinaldo Silva desmente boato de que Cora

                  irá matar Maria Clara: ‘Invenção pura!’                   

Autor contou no Império no Ar que

nunca pensou na morte da personagem

Maria Clara chega de surpresa na casa de Cristina! (Foto: Pedro Curi/TV Globo)
(Aguinaldo Silva afastou possibilidade de
assassinato de Maria Clara (Foto: Pedro Curi/TV Globo)

_______________________________________________

Aguinaldo Silva revelou recentemente que Cora (Drica Moraes) vai matar alguém nos próximos capítulos da novela das 9, deixando um mistério sobre quem será a vítima. Nesta sexta-feira, dia 12 de setembro, o autor desmentiu no Império no Ar que Maria Clara (Andreia Horta) seja o alvo da vilã.

“Circulou uma notícia hoje segundo a qual Cora iria matar Maria Clara: é invenção pura, gente, isso nunca me passou pela cabeça”, disse aos internautas.

Faça seu comentário

NOTÍCIAS DO IMPÉRIO!

»Públicado por em set 12, 2014 | 7 comentários

 

Quem sabe do futuro do Império é só o autor,

é claro… E ele dará notícias inéditas

deste futuro daqui a pouco… Aguardem!

Por enquanto só uma noticiazinha, pra aguçar a curiosidade de vocês: Xana vai se declarar a Naná… E pedi-la em casamento! Naná aceita, mas com uma condição: que seja ela a se vestir de noiva! Será que Xana aceita botar paletó e gravata… Tudo bem, ele pode até aceitar… Mas não dá pra usar um salto alto?… Aguardem, primeiro aqui, e depois em Império!

 

Faça seu comentário

IMPERATRIZ CONTRA ATACA!

»Públicado por em set 11, 2014 | 27 comentários

 

MARIA MARTA MANIPULA

PARA UNIR JOÃO LUCAS E ISIS

E COME ATÉ FRANGO COM FAROFA!

Depois do encontro traumático, no apartamento de Isis, com o marido e o amante dele, e mais Cora, Magnólia e Severo de sobremesa, Marta junta os caquinhos, reúne suas forças e parte para o ataque. E a Imperatriz, vocês sabem, não dá dá ponto sem nó. Depois de ouvir uma conversa de João Lucas com Du, em que o rapaz revela estar apaixonado por Maria Isis, Maria Marta propõe ajudar o filho a conquistar a ninfeta. E sem meias palavras, vai direto ao ponto:

- É minha obrigação de mãe lutar pra que você consiga tudo o que quer. E dá pra perceber que você vai ficar muito infeliz se não conquistar essa menina… e é isso o que eu vou fazer. Vou cumprir com minha obrigação materna e te ajudar a ser muito feliz.

João Lucas dirá à mãe que ela não tá fazendo isso de graça e que quer levar alguma vantagem. Ao que Maria Marta arremata:

- Que maneira de falar!… Mas o que eu ia querer nessa história? Te ajudar sim, te ver feliz sim…, mas de brinde… ter seu pai de volta pra mim.

A conversa segue e João Lucas fica balançado com a proposta da mãe.

 

 

Na sequência, Maria Marta faz uma visita surpresa à casa de Maria Isis. É domingo e a filha está com a mãe, Magnólia, e o pai, Severo, sentados à mesa para o almoço quando Maria Marta chega, para surpresa geral.

Com toda a empáfia que Deus lhe deu, ela se convida para almoçar, come praticamente todo o frango de padaria com farofa, e, sem a menor cerimônia, propõe a Maria Isis que ela largue José Alfredo e fique com João Lucas:

- Rolou o que dizem por aí… de química! Porque vocês hão de convir que a Isis é uma franguinha, com todo respeito, muito nova pro José Alfredo, que poderia até ser avô dela.

Maria Isis reagirá:

- E daí? Isso não faz a menor diferença pra gente.

Mas Maria Marta não se dá por vencida:

- Agora até pode ser, mas vou te dar um conselho de alguém mais experiente e com mais traquejo que você: imagina daqui a algum tempo, o José Alfredo com mil anos, numa cadeira de rodas, cheio de achaques e com nada funcionando… e você, depois de todas as plásticas e botox, na flor dos seus trinta e poucos anos… como é que vai ser isso, me diz? Confia em mim, querida, a diferença vai ser abissal! Já com o Lucas, vocês praticamente na mesma idade, formariam um casal lindo…

A proposta desperta o interesse de Magnólia:

- A senhora está falando de casal, casal… casado?

Marta deixa no ar a possibilidade:

- Quem sabe? Com José Alfredo é que você não vai se casar nunca, minha querida, sabe por quê? Porque eu não deixaria, nem depois de morta e enterrada. Já com o meu filho… que te ama tanto e é herdeiro do seu amante, com uma vida muito mais longa pela frente…

Severo e Magnólia se empolgam com a proposta. Maria Marta vai além e diz que com João Lucas, Isis poderia ter tantos filhos quantos quisessem. Que isso lhe garantiria uma boa vida até o fim dos seus dias, um lucro muito alto. E faz um apelo à Lolita:

- É meu coração de mãe quem te pede, Isis. Dê uma chance ao Lucas. Deixe que pelo menos ele se aproxime de você.

 

Será que Isis, tão apaixonada pelo comendador,

vai cair na conversa da Imperatriz?

Aguardem os próximos capítulos…

 

Faça seu comentário

MENSAGEM PRA NÓS!

»Públicado por em set 10, 2014 | 10 comentários

 

Ele “teve o mau gosto de viajar”,

segundo Maria Marta, mas

daqui a pouco está de volta!

A propósito do post que publiquei aqui sobre o seu – até hoje – impressionante trabalho como Corisco no filme “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, de Glauber Rocha, o grande Othon Bastos, o fiel mordomo Silviano de “Império” enviou a mensagem abaixo, endereçada a mim, mas claro, dirigida a todos que frequentam este espaço. Como todo mordomo, Silviano tem um segredo devastador, relacionado com a vida dos seus patrões, que só será revelado no devido tempo. Estamos lhe esperando, Silviano!

Aguinaldo querido, fiquei muito feliz e sensibilizado com as suas palavras sobre meu trabalho como Corisco. Tenho a impressão que erisipela é uma doença baiana, porque é muito lenta para ficar boa. Estou ainda de molho. Devo sair muito, mas muito breve – se a baianice deixar.

Com toda essa falta de água no Brasil, uma seca cada vez maior, me lembro de um pequeno poema de um “cordelista”, João Paraibano, e te mando de coração:

“Vejo de longe a estiagem
deitado na minha rede

Vejo um açude sem água
com três rachões na parede

Vejo uma abelha no velório

de uma flor que morreu de sede.”

Como um bom samaritano, espero a minha saída.

Um grande abraço do Othon!

Faça seu comentário