DU, O AMIGO DE LUCAS

» Públicado por em ago 18, 2014 | 46 comentários

 

Josie Pessôa é totalmente o contrário da sua Eduarda, em IMPÉRIO. Parece tirada de um conto de fadas. Com um lindo vestido preto longo, contrastando com o cabelo vermelho da personagem rebelde, ela chega para a entrevista ao ASDigital acompanhada pela mãe, dona Aldenir. Aos 26 anos, essa niteroiense articuladíssima e com a emoção à flor da pele, já comemora 20 anos de carreira; começou aos 6, no teatro do Instituto Abel, onde estudava -, vem de uma família de valores rigorosos. Primeiro beijo, aos 16 anos, com a permissão da mãe; primeiro namoro, aos 18 ; e, aos 22, depois de muitos ‘nãos’, ela resolveu aceitar o pedido de namoro daquele que se transformou em seu príncipe encantado: o empresário Alexandre Gantois sim, ele é descendente da Mãe Menininha. O projeto é se casarem com toda pompa e circunstância daqui a dois anos. Enquanto isso não acontece, Josie se joga de corpo e alma na apaixonada Du, que, aos poucos, vai ‘salvando’ João Lucas (Daniel Rocha) do mau caminho. De irresponsável, o rapaz começa a trabalhar na empresa do pai, vai conquistando segurança e talvez não precise mais da fiel companheira de todas as horas, já que fica de olho em Maria Isis (Maria Ruy Barbosa) após o término da relação dela com o Comendador (Alexandre Nero). E o futuro de Eduarda? Ah, esse só a Aguinaldo Silva pertence…

Quando notar que João Lucas está se interessando por Maria Isis, Du ficará grávida. Acha que é um tentativa desesperada para se casar com ele ou um golpe da barriga?

Com Aguinaldo (Silva) tudo é possível, mas até agora, ainda não sei de nada. Acho ótimo se tiver esse final, e ele não me contar, porque quanto mais verdadeira eu fizer essa amizade maior será minha surpressa. Mas claro que tudo é possivel. Até então o que me parece é que ela é apaixonada.

Você não acha estranho Du estar sempre por perto? Aparecer do nada para o Lucas?

Ela fica caçando coisas para fazer junto com ele, e se sujeita a tudo para estar perto. Isso pode ser amor… ou um grande interesse.Será?(risos)

Acho que se fosse amor, com o grau de amizade que eles têm, Eduarda poderia chegar e falar. Ou ela teria uma limitação?

Ah, ela tem uma limitação.Ela sabe que, por mais que sejam amigos, ele não a vê como uma mulher, e sim como um rapaz. O Nero (Alexandre) me chama de esquisita… (risos). É que a Du é fechada nesse mundo dela. No texto, toda vez que tem algo que ela demonstra, logo em seguida, corta. Qualquer demonstração de afeto com Lucas, depois minha personagem cai em si, e corta.

Mas em alguns momentos rola uma sensualidade em tom de brincadeira, como na troca de lugar no carro, com você passando para a poltrona do motorista, e ele para a do carona…

É uma relação muito bacana porque esse carinho, esse afeto, ele só demonstra com ela. É a unica pessoa com quem consegue falar o que pensa, o que acha, de maneira mais tranquila, desabafar. E ela também. É a única pessoa que fala que ele escuta, que não fica com raiva. É o ponto de equilíbrio. É ela quem cuida o tempo todo dele.

Você não acha também que Eduarda pode ser uma criatura obessesiva? Obcecada, mas fazendo a linha amiga para estar sempre do lado dele?

Eu acho que pode tudo. Quando Aguinaldo falou da personagem, disse: ‘Josie, ela é o melhor amigo dele. Essa menina é capaz de se tacar na frente do carro para salvá-lo. Mas apesar de ser doidinha, ela é muito mais correta do que ele’. Se ele está usando droga, Du é quem vai catá-lo, se estiver bêbado, ela quem dirige. E um dia os dois estão numa festa, acaba acontecendo, ela fica grávida…

Agora tem a questão da outra, estar envolvido com a Maria Isis…

E ela já demonstra ciúmes. Quando ele fala sobre o pai com Maria Isis diz: ‘Aquele velho com aquela menina!’, e eu já começo a falar, jogar videogame sozinha, mudar o assunto.

Estranho que ele, até então, não tem nem ficante…

Nada, ela até sacaneia uma hora: fala que ele está precisando de mulher, porque ela é a única pessoa com quem ele se relaciona. A outra ele vê como mulher, e isso deve matar a Du por dentro.

Se for o caso de ela ficar sozinha com o filho acha que vai ser uma pessoa amarga ou fará a linha bola pra frente?

Acho que vai lutar por ele. De alguma maneira, ela vai querê-lo por perto o tempo todo. Está tão bonitinha a relação dos dois! Acho que todo mundo alguma vez na vida já foi apaixonado por um amigo. E ele gosta dela, independentemente de tratá-la como homem ou mulher.

Eduarda tem tanta ascendência sobre João Lucas que vai conseguir que ele trabalhe…

Ela o carrega pra empresa. E quando perguntam quem ela é, minha personagem diz que é secretária dele (risos). Ela vai ficar sempre do lado dele. Ela fala que ele nasceu pra isso. E acredito que João Lucas vai tornar-se um grande homem.

Você acha que ele vai mudar? O que poderia mudá-lo?

O amor. Também acho que ele vai virar o dono da empresa, e casado comigo (risos).

 

 

AMIGOS, AMIGOS,

NAMORADOS À PARTE

Você acredita na amizade homem e mulher sem que um dos dois se interesse pelo outro ou tenha desejo?

Eu sempre tive mais amigo homem do que mulher. E nunca houve um envolvimento maior. Tenho uma certa dificuldade de lidar com mulher. Não sou pessoa que vai pro salão ficar horas, de bate-papo, não tenho paciência pra isso. Acaba que eu mesmo faço meu cabelo, minha unha, depilação, tudo. Pelo tempo que se gasta, sabe? Tenho, sim, grandes amigas, que também não são assim.

Você nunca namorou um amigo?

Nunca. O Rafael Zulu é meu amigo desde os meus 14 anos. No primeiro curso de teatro dele eu estava junto. A gente se conheceu na aula. Na hora de embora, ele comentou que era de São Gonçalo, e eu morava em Niterói. Perguntei se ele queria carona. O curso era em Botafogo (Zona Sul), eu ia e voltava com minha mãe. Aí, ele passou a ir comigo. Sempre trabalhamos juntos, fizemos várias peças. Ele é ‘Zulu’ porque eu dei o nome.

Por quê?

Na verdade, na época, tinha um Big Brother com um participante bonitão que se chamava Zulu. Mas quando dá entrevista, ele fala que é por causa da tribo dos zulus, que eram homens guerreiros. (risos) O nome é Rafael Gervásio, não dá, né? O mais engraçado é que hoje em dia ninguém o chama de Rafael. Zulu pegou.

E os outros amigos? Davam em cima de você?

Não, os meus amigos, não… Se um dia um gostar de mim, já deixa de ser amizade, porque vai ter que me falar.

Mas você acha que isso acaba com uma amizade?

Eu acho. Tenho amizade a ponto de o amigo me ligar e falar que está saindo com fulana. Se eu gostar, e ele me ligar, não vou saber como reagir a isso. Como vou reagir a algo que vai me machucar? Vai ser uma amizade falsa. Acho que tem de falar quando está interessado.

Acha que amizade com mulher pode ser falsa por haver competição?

Com certeza. Acho que lidar com mulher é muito mais difícil. Tenho uma grande amiga, estamos sempre unidas, e ela é verdadeira. Só dá certo esse tipo de amizade: quando é verdadeira. Ela se acha menos bonita do que eu, sei lá como se fala isso, e dizia: ‘Ai, Josie, não quero sair hoje com você, não, se não o pessoal todo olha pra você…’. É uma amiga que fala o que sente, poderia dar qualquer desculpa, mas, na cabeça dela passa isso.

Dona Aldenir – Ela não é feia: é exótica.

Uma amizade assim não é fácil de encontrar. Por isso, sou pessoa de poucas amigas. E como tenho dois irmãos mais velhos (Juliano, 30 anos, e Jales, 31), sempre fui criada muito com meninos.

Os nomes são todos com ‘J’?

É! A família inteira, da parte do meu pai. Jales, Jamile, Jaline, Joana, José Carlos, Janete, por aí vai…

Vai chegar um tempo, que começam aqueles nomes esdrúxulos…

Não, aí vai parar (risos)

Dona Aldenir – Meu papagaio se chama João Paulo.E a minha cachorra, Júlia.

Seu papagaio tem o nome do meu filho… Mas, Josie, você tem cachorros também, né?

A Malu, Maria de Lurdes, uma yorkshire, foi por causa de uma peça que fiz. A Júlia é anterior. Tem o Pingo, adotado. E dois buldogues, um inglês e um francês: Jack e Charmander.

 

 

O PRÍNCIPE RESSURGE

DA ADOLESCÊNCIA

No caso do Alexandre, como é que foi? Sei que era adolescente quando o conheceu. Ele morava perto de você?

Eu tinha 13 anos, e ele mora em Niterói. É uma cidade grande, mas que, na verdade, é ‘pequena’, todo mundo se conhece. Ele é oito anos mais velho do que eu. Como comecei a fazer teatro com 6 anos, isso me deu uma maturidade, só convivi com gente muito mais velha. Com 14 anos fazia uma peça com Rosamaria Murtinho, viajando pelo Brasil. Além disso, sempre estive perto dos meus irmãos mais velhos. Sempre fui a mais responsável, porque meu pai cobrava muito isso. Tinha que ter nota alta para continuar fazendo teatro, Eu era carta na manga de qualquer amiga – quando saía e falava (para a mãe): ‘Josie vai’, ela podia ficar tranquila que eu ia tomar conta. Sempre saía, mas nunca fiquei com ninguém. Só fui beijar na boca com 16 anos. E tenho 26 anos…

Dona Aldenir – O negócio do beijo eu falava: ‘Josie, quero ser a primeira a saber. Não quero saber por ninguém. Se alguém vier falar alguma coisa, quero dizer que eu sei’. E o primeiro beijo eu estava junto com ela.

Conta Josie…

Era uma festa em Niterói, numa boate. O Mateus Rocha, o Luka Ribeiro, que faziam uma peça com a gente, tinham uma banda, e iam fazer show. Eu falei pra ela: ‘Ó, mãe, vou ficar’, mostrei quem menino, claro. Ela fez aquela cara e falou que estava tudo bem.

Era só ficante ou o rapaz queria namorar?

Não era nada demais, eu já o conhecia, fazia peça junto com a gente. Era amigo. Minha mãe disse que tudo bem, mas, quando ela viu, falou: ‘Chega, vamos embora!’. (risos)

Chegou a namorar com ele depois?

Não, só fiquei.

Dona Aldenir – Ela ficou com medo de mim. A Josie trabalhou com a Thalita Rebouças (escritora de livros e peças para meninas adolescentes), que falava que eu era a inspiração dela. Muita coisa que eu dizia pra Josie, do nosso relacionamento, ela colocou nos livros. Em várias crônicas fui citada.

Mas e o seu príncipe, o Alexandre?

A gente sempre se encontrava por Niterói, fui crescendo e sempre falando pra ele que não queria namorá-lo. A gente tinha o mesmo círculo de amizade. Fui esbarrando com ele ao longo da minha vida, ele sempre chegava em mim, e eu dizia que não.

Por que? Ele tinha namorada?

Ele namorou, terminou… Eu só fui namorar pela primeira vez com 18 anos. Depois de dois namorados, no período em que estava solteira, coincidiu de ele estar também, e a gente se encontrar. E toda vez ele sempre pedia para ficar…

Mas nem beijo?

Nada. Sempre fui muito chata. Se ele estava num camarote, e dizia: ‘ Ah, fica aqui comigo’, logo falava não. Normalmente, já tem tanta mulher em volta nessa situação, que eu não gostava de estar lá, não seria mais uma. Primeiro, nunca bebi, era difícil a abordagem porque não tinha o que fazer. E,pra mim, homem solteiro acaba ficando com muitas mulheres. Eu achava que ele era ‘galinha’, porque pegava, e as meninas se apaixonavam. Só que, na verdade, ele não queria isso. Toda vez que eu o encontrava, falava: ‘Não sou mulher pra você. Não vai dar certo!’

Como aconteceu o ‘encontro’?

Meu amigo, Daniel Lacerda, que é amigo do Alexandre também, me chamou pra ir a uma casa noturna da qual era sócio, a Boate Praia, na Lagoa. E Xande também era sócio. Eu fui, ele veio…

Até que eu resolvi tentar.

Isso foi que dia, mês e ano?

A gente começou a namorar oficialmente dia 3 de dezembro de 2010. Esse encontro na boate foi uns três meses antes. Pensei bem antes: ele é um rapaz bonito, interessante, inteligente, porque pra mim aquela coisa de falar: ‘ Aí, gatinha!’, quando a conversa não desenvolve, não dá. Outra coisa, não sei ficar. Beijar na boca e virar as costas não é uma coisa que me interessa.

Ficou com medo de ele namorar você porque era uma coisa que queria há tanto tempo, e depois terminar? Tipo um troféu.

Não, eu tinha certeza que não.Depois que a gente foi saindo para jantar, conversar, vi que era muito certinho como eu, queria me apresentar à família. Temos isso em comum. Não dá pra você levar qualquer um em casa. Eu tinha certeza de que ele ia me pedir em namoro. Ele já tinha planejado ser no dia 31 de dezembro, na festa de réveillon, na casa dele, mas no dia 3, disse que não estava aguentando e me pediu. Quando fomos lá, já me apresentou como namorada.

Gente, parece uma história saída do túnel do tempo. Ninguém imagina que nos dias de hoje ainda há essa formalidade, esse envolvimento familiar todo… Bom, sua família aceitou,né?

Demorou mais tempo a ir lá em casa, uns dois meses. Era muito engraçado. Tem uma história bonitinha. O nome da boate é Praia. Comecei todo dia de noite a sair, e falava: ‘Pai, tô indo pra Praia’. Aí, um belo dia ele virou pra mim: ‘Que negócio de praia é esse que você vai? É lual?’ (risos). .

Mas você não falava do Alexandre para ele?

Ele sabia, já conhecia a família do Xande. Antes de a gente ficar, eu fui ao banheiro da boate, e meu irmão catou ele pelo braço e perguntou: ‘Quais são suas intenções com minha irmã?’. Ele respondeu: ‘São as melhores possíveis, só estou esperando que ela me dê uma oportunidade’.

Mas e agora, quatro anos depois, essa situação não desenvolve para um noivado?

Quando a gente começou a namorar, falava assim: daqui a cinco anos a gente se casa. Porque só tenho 26 anos, sou muito nova ainda. Só que cinco anos estão chegando muito rapidamente! (risos). Então, daqui a dois anos a gente se casa. Filhos, lá pelos 30 e poucos.

Ele tem ciúmes do seu trabalho?

Claro que tem. Mas não é muito… Ele me dá muita força. Mas é difícil lidar. Uma vez fiz um clipe, tinha um beijinho, nada demais, nem aparecia nada, ele falou: ‘Josie está lindo, mas…’. Na hora sabe… É uma coisa que aos poucos você vai lidando.

Mas você abriria mão dele caso pedisse que deixasse sua carreira?

Eu abriria mão, já falei isso pra ele. Ou ele aceita, ou aceita. Ele fala isso também: ‘Josie, se algum dia eu for te atrapalhar a ponto de saber que estou te prejudicando na carreira, não faz sentido a gente estar junto’. No início de Fina Estampa, ele falava: ‘Você pode pegar qualquer um na novela menos o Rodrigo Hilbert”. (risos). E justamente minha personagem ficou com ele! Depois do Rodrigo, ele fala: ‘Tá tranquilo’.

 

ASSÉDIO, EMOÇÃO E

OPÇÕES PARA O FUTURO

Você é atriz, jornalista, está terminando a faculdade de Moda, tem uma loja com sua mãe, num shopping em Pendotiba, ou seja, faz mil coisas e está sempre simpática, receptiva ao assédio do público…

Eu acho fundamental, fico muito feliz de sair e ter o reconhecimento. É o reconhecimento imediato que a TV dá. O feedback que você tem é o da rua. A gente recebe tanta coisa bonita, carinho, declarações. Não sei ser imparcial, me apego, respondo a todo mundo. Desde o teatro, gostava de atender a todo mundo. Fazia muito espetáculo infantil, que tem um público muito fiel, e vinham os pais com as crianças tirarem fotos, pedir autógrafos, dar abraços, beijos. Quando chego no Projac, as meninas estão lá do lado de fora, e, às vezes, passam o dia inteiro lá para dar um ‘oi’ a um ator ou atriz. Valorizo muito isso.

Por que você se empenhou demais para chegar lá, não?

Eu fiz figuração na Globo. Toda vez que entro no set faço questão de falar se tiver um figurante. Fora isso, a indiferença é muito ruim. É uma pessoa que está ali, faz parte da cena, não custa dar um boa tarde, boa noite. Como comeci muito nova, passei por muita coisa. Já ouvi muito ‘não’, mandarem maquiar na figuração, botarem em outro camarim para não ficar com as atrizes… Nossa, quando você pega uma produção como essa! Nunca vi nada igual. Sensível, trata todo mundo de maneira igual, com carinho, respeito, independentemente de ser ator, figurante ou participação.

Com certeza esse clima bom vai pro ar.

Seus pais sempre lhe deram força?

Meu pai nem um pouco. Ele é empresário. Eu estudava no Instituto Abel, tinha um curso de teatro que pedi para fazer. Começou como brincadeira, mas logo depois comecei a fazer muitas peças. Ainda teatro amador. Mas entrava em temporada, cartaz, bilheteria, tudo. Fui fazendo, mas aquilo me tomava um tempo enorme.

E eles falavam o quê?

Meu pai, enquanto era um hobby ficava mais tranquilo. Mas quando foi vendo, lá pelos meus 12 anos, que era uma coisa muito séria, que estava tomando muito meu tempo, eu viajava, não fazia passeio de escola, deixava de fazer muita coisa, ele dizia que não era isso que queria para a filha. Quando estava com 14 anos, já fazia teatro profissional, o musical Personalíssima com a Rosamaria Murtinho, que confiou em mim, falo que ela é minha madrinha. A sorte é que tive a minha mãe. Ela era professora de Português, saía do trabalho, me pegava e levava. Era vida corrida e ela estava sempre do meu lado. No meu aniversário de 14 anos, a Rosamaria foi lá em casa, jantar comigo. Aí, meu pai foi assistir à peça. Quando me viu naquele palco, falou: ‘É, não tem mais jeito, não. Vou ter que aceitar isso’. Agora está na fase do orgulho. Passou da fase da vergonha para orgulho.

É uma carreira dificil, você tem que passar por vários percalços.

Olha, o que o Aguinaldo fez por mim… (chora) Toda vez que falo nisso me emociono, porque todos os dias quando acordo penso: ‘Batalhei tanto por isso, não é possível que fechei um capítulo na novela das nove’. (aos prantos) As pessoas não têm noção do que passa pela cabeça, de toda trajetória, de todos os ‘nãos’ que recebi, de tudo que deixei de fazer na minha vida, do quanto lutei por isso. É muito difícil. Fico vendo as minhas cenas… Cara! Não estou acreditando nisso!

Fica tranquila. Vai borrar a maquiagem, hein?! Vamos continuar? Depois de Malhação, Zorra Total, entrevistas na Master Class 2, Fina Estampa… E como apareceu o curso de Jornalismo nesse caminho?

Desde pequena gostei de escrever, apresentei programas na TV de Niterói, Break Musical e Player Magazine, uma revista contando as coisas de Niterói, os eventos culturais e tal. Sempre gostei. Sei que faculdade de artes cênicas é maravilhosa, mas falei que posso suprir isso fazendo curso de história da arte, e é bom ter outra garantia de profissão. Fiz jornalismo na UFF. Pensei em ter uma segunda opção, que eu gostasse também.

Mas por quê? Você acha que poderia deixar a carreira artística?

Não quero passar fome, né? Preciso ter o meu dinheiro, uma outra profissão, não dá para ficar à mercê de uma coisa que pode não acontecer, que não depende tanto de você, um concurso que você pode fazer e passar. Você joga com sorte e todos esses outros fatores que falamos.

 

 

TROCOU FRITURA POR

REFRESCO DE MARACUJÁ

Na adolescência, você ia muito a fast-food.Você era gordinha, não?

Era. Não sofria bullying porque sempre fui muito despachada, e eu me achava linda. Não me achava gorda. Acho que eu fazia as pessoas acreditarem nisso. Uma vez, estava num intervalo do curso de interpretação da Andreia Avancini, comendo batata frita. Aí, apareceu uma produtora de agência e me disse: ‘Por que você não troca isso por uma maçã? Se emagrecer, quero você na minha agência’. Aquilo foi meu start.

E aí você parou de ir a lanchonetes de fast food?

Eu diminui, andava com uma garrafinha de refresco de maracujá. Me dava fome, bebia o refresco. E com certeza me deixava mais calma. Foi ótimo, foi a fase que dei mais uma espichada.

Mas você fez uma reeducação, passou a não comer o quê?

Evitava batata frita, fritura, fast food, coisas assim.

Como é que você equilibra isso?

Quando estou trabalhando, sempre consigo manter meu peso tranquilamente. Estou com 54 quilos. Normalmente, com 57, 58, estou ótima, mas no vídeo fico gordinha. Com 54 fico melhor. Aí, dou uma segurada: evito fritura, glúten, tiro carboidrato, fico mais na proteína durante a semana… Não sou uma pessoa de academia. Na verdade, odeio academia. Adoro dançar, já fiz jazz, sapateado, hip hop, zouck, salsa, por conta também do trabalho como atriz. Acho que para o ator ser completo tem que saber tudo. Já fiz aula de canto, tento, me esforço, mas não é uma coisa que eu tenha aptidão. Mas me esforço pra isso. Fiz música no espetáculo com a Rosamaria (Murtinho), não tinha solo, mas pra estar decente no vozerio, né? Fiz dublagem, que é outra coisa que achava interessante dentro da profissão. Fiz violão. Tudo que possa somar…

O que você acha dos tratamentos estéticos, dos excessos que pessoas fazem para mudar rosto e corpo?

Todo mundo fala que tenho uma pele ótima. E tudo que faço é só passar um protetor solar fator 50. Odeio a sensação daquela pele melada, ele é completamente seco, você passa, e parece que acabou de lavar o rosto. E maquiagem todo dia por causa da novela.

Mas você gosta de sair maquiada…

Gosto, aprendi a gostar por causa do teatro. Tem que aprender a fazer sua própria maquiagem. Você fica viajando dois, três meses com a peça, e não tem maquiador. No dia a dia, passo rímel, um corretivo, nisso eu sou um pouco vaidosa. Estou usando mais batom com esse cabelo. Dá uma amenizada.

De quanto em quanto tempo a tintura tem que ser retocada?

Toda semana, pintando ele inteiro, porque desbota muito rapidamente. Agora, a gente achou um shampoo e um condicionador que repõem o vermelho, que dão cor. Tem que aplicar como uma tinta. Estava desbotado, passei ontem e voltou o vermelho. E ele hidrata pra caramba. Esse cabelo vermelho é a coisa que mais me perguntam.

E que outras modificações você faria por uma personagem? Qualquer uma?

Qualquer uma! Corto, raspo o cabelo, engordo, emagreço, o que precisar. Meu corpo tem que servir à personagem.

 

46 comentários

  1. Olá Aguinaldo, sou Portuguesa e queria dizer que a novela império é a novela que mais me marcou em toda a minha vida eu simplesmente amo não só a Novela como o casal LUCADU.. Eu acho que todo o mundo iria amar se a novela tivesse continuação, mas agora com o casal imperial sendo o João Lucas e a Du.
    Obrigado por ter escrito essa grande novela.

  2. CANDELARIA Este assunto é de extrema complexidade, não se deixe levar pelo ciúmes ou revolta, e por opiniões das outras pessoas, analise se você tomar uma atitude no calor dos acontecimentos no caso de uma separação, ou pagar com a mesma moeda, as consequências de sua atitude perante seu casamento e filhos, a família, tudo pode vir a ruir, por causa de um momento de euforia do seu marido, vivendo uma nova situação, se ele não esta deixando você passando necessidade não esta cumprindo suas obrigações em seu lar, você deve manter a cabeça fria, se no caso ele estiver se envolvendo com outras mulheres a responsabilidade é somente dele que irá responder perante as leis Divinas do seu ato, e irá estagiar nas trevas por um longo tempo, se você fazer igual a ele irá se rebaixar mais ainda e também sofrerá as consequências do seu ato, é prematuro de minha parte aconselhar qualquer atitude sobre esse assunto, porque os dois lados sairam perdendo, tanto no lado emocional, material e espiritual, aguarde o tempo para tomar uma decisão que poderá mudar sua vida totalmente e sempre será para pior para os dois abraços.
    asos evening dress http://www.asosdresses.net/evening-dresses_c91.html

  3. josie lindaaaaaaa!!!! joão lucas e Du são um casal pft !!! só assisto a novela por causa deles!!! #LucaDu

  4. Oi Du tudo bem, achei o sei cabelo lindo

  5. esse cabelo da du é de dar inveja muito lindo! amando a personagem!

  6. Vai ficar paia se ze Alfredo largar a Ísis..

  7. Du tem que ficar com João Lucas e José Alfredo com a ísis;….

  8. Du tem que ficar com Joao Lucas…

  9. vamos la, a novela vai ficar sem graça #aguinaldo silva porque o que ainda da motivos para assistir a novela é o casal lucas e du espero que vc melhore a historia deles dois se ñ vai perder audiencia o foco esta neles beijos fica a dika

  10. eu quero que a du e joao lucas fiquem juntos eles formam um belo casal
    a isis tenque fiar o jose alfredo
    sera que o joao luas n intende que a du gosta dele e a isis do pai dele
    #SELIGAJOALUAS

  11. Mil vezes Alfredísis, e a Du com o Lucas… Já vi que vou me estressar em outra novela quando ele se meter com a amante do pai. Espero que isso não dure, porque senão já sei que vou cansar de mais uma e não assistir pelo mais do mesmo. Mas, vamos ver… Torcendo para isso não ir muito adiante.

  12. Rozem meu nêgo, repito a frase da Flávia Barros, pois é muito válida: “Recomeçar é mais difícil que começar, pois requer a coragem do início e a superação do fracasso. Então hoje … arrisque-se!” E vamos que vamos !

  13. A atriz Josie é de grande beleza exótica – um rosto inesquecível! Seu envolvimento com o filho mais novo do Comendador já chama a atenção pela sintonia perfeita entre os dois atores.
    Adorei as imagens e a entrevista, embora considere que a mesma se alongou além do ponto em temas de único e exclusive interesse pessoal do entrevistado. Ficam os parabéns para o Agnaldo que, como ninguém, sabe fazer uma novela cair no gosto do público.
    Abs.

  14. A Simone realmente surpreende a cada entrevista. Agora,cá pra nós, essa menina DU está indo muito bem! Um graça,talentosa,querida,cheia de vida e de potência.Lembro bem dela fazendo os videos pro blogao durante a Master Class e creio,nao tenho certeza, que a vi no lançamento do ASD.

    Aguinaldo,coloca mais cenas da Nanda Costa! Aposto que o ibope sobe no Brasil inteiro quando ela aparece em cena, sobe inclusive em Sao Paulo.

    A Leandra Leal ta muito lindinha agora… Confesso que nao estava curtindo aquela fase `sofredora` dela.

    Nao estou entendendo porque a Cora está na geladeira… Mas essa é uma baita carta na manga,nao é mesmo?

    Mas o barato mesmo,meu amigo,é reconhecer você no texto… Isso nao tem preço! Até a minha filha de 14 anos diz: pai,isso é muito o Aguinaldo,né?

    Aguinaldo, hoje uma medica residente – 28 anos ,catarinense- reclamou que vc ta pegando pesado na novela. Nao dei muita abertura pro assunto porque nao era o momento – havia muito trabalho naquele momento – mas entendi bem o recado dela: tem a ver com a tematica gay da novela.

    Particularmente,euzinho da silva,to curtindo a novela como um todo.To gostando muito mesmo !!! Mas depois dessa,essa da residente,fiquei pensando como deve estar reagindo a `media` do povo. Realmente nao sei. E tambem nao sei se interessa. Enfim.

    Porem,todavia,no entando, vc esta arrasandoooo! Orgulhoso(s) de vc!

    Um grande abraco! Quack quack quack!

  15. Obrigada, Lara! Josie é como eu: adora conversar. Haja assunto!!rsrsr Bjsss

  16. Que má-educada eu!
    Nem dei os parabéns a Simone antes de reclamar.
    Beijos Simone.
    Boa entrevista.

  17. Horário político é simplesmente um porre!

  18. Acho que você batalhou muito pra chegar a onde chegou , além de ser completa né ? …Você merece Josie esta a onde você ta não é pra qualquer um Parabéns !!! Sou sua Fãnzona

  19. Eu quero que a Du e o JL fiquem juntos, a amizade deles é muito Lindaa.. #LUCADU SEMPREEE .. Te amo josieeeeeee

  20. Olá!! Estou amando a personagem “Du” interpretada pela Josie Pessoa! Ela está arrasando. E na minha opinião deveria ter mais cenas dela. E também da Du e do Lucas Juntos, eles são tão fofos,amo eles! #TeamLucadu ❤

  21. A Novela Império terá muitas Cenas Eróticas de Masturbação

  22. Aguinaldo Silva a novela Império terá Cenas Eróticas de Masturbação e dará média geral de 35 pontos com cenas de Eróticas de Masturbação, Robertão vai se masturbar na novela Império de Aguinaldo Silva

  23. Aguinaldo Silva é estilo de novelas da Janete Clair terá quem matou e cenas de Sangue terá cenas de quem matou e terá pistas de assassinato, você é ótimo autor é melhor que seriados americanos de suspense dos Estados Unidos, a novela Império tem Quem Matou da Janete Clair

  24. Império terá muitas cenas eróticas de nudez de masturbação

  25. Torcemos por Joao Lucas e Du!!! Parabéns Josie! Ótimo trabalho! Voce arrasa! Quero muitas cenas de Eduarda e Joao Lucas e que fiquen juntos por favor Sr. Aguinaldo Silva! #LucaDu tem um ejercito de fas! Queremos e amamos esse casal perfeito! Josie é linda, carismatica, simpatica, educada, carinhosa e super talentosa! ♥ Parabéns pela química com Daniel Rocha! Amando! ♥♥

  26. Império terá muitas cenas de Quem Matou usada na novela da Janete Clair, Império promete ser Mega Sucesso e dará 35 pontos de média geral terá suspense de Quem Matou usada na novela da Janete Clair, Império é ótima igual Janete Clair dará 35 pontos de Média Geral

  27. A novela Império promete ser mega sucesso e as gravações são bem mais aceleradas que a de Walcyr Carrasco,dará 35 pontos de média geral com cenas de Quem Matou estilo Janete Clair,terá muitas cenas de mortes e Quem Matou

  28. Império terá suspense em torno de quem matou com reviravoltas cheias de mistério e suspense e terá quem matou a sua novela tem mais pegada de suspense que a de Walcyr Carrasco, mas empata com Janete Clair terá muito mistério de quem matou terá cenas sangrentes de quem matou

  29. A novela Império terá muito Quem Matou estilo de novela da Janete Clair, a novela Império terá muitas reviravoltas com Quem Matou estilo da novela da Janete Clair,suspense gira em quem matou da Janete Clair, quem matou dará média geral de 35 pontos sendo Mega Sucesso

  30. Quando toca a musica de vcs eu amo! O amor eh lindo! Dú pintei meu cabelo de vermelho igual a vc! Linda demais!

  31. LINDAAAAAAA!!!!! Josie arrasa, sem falar desse cabelo maravilhoso! Josie a mais linda de Império
    Aguinaldo Silva, João Lucas e Eduarda juntos por favor! #joãolucasedu

  32. A novela Império terá muitas cenas de Quem Matou estilo Janete Clair, a novela Império promete ser Mega Sucesso da novela de Janete Clair, a sua novela é bem popular tem mais cenas de Ação e Quem Matou estilo Janete Clair, você supera apenas Walcyr Carrasco mas empata com Janete Clair que tem mais Ação e Quem Matou

  33. esse casal é aventureiro. Adrenalina e cenas de ação na novela é showwwwww

  34. Fala sério a Dú é muito mais gostosa que a Maria Isis! Esse cabelo vermelho é muito atraente…com todo respeito…#duédiferente #dugata

  35. Mega Sucesso de Senhora do Destino

  36. Nossa, que linda!! Novinha, mas com muita personalidade, adorei a entrevista, ela tmbm tem cachorro! Amo bichos! Já amei ela na novela, agora amo mais! Bju Dú vc é minha inspiração!

  37. Dú, ainda é um mistério!!!Mas uma coisa eu sei, além de linda, ela , no fundo, no fundo, ama o Lucas….Eles se entendem pelo olhar…lindosss

  38. Chorei e fiquei com coração apertado na cena da briga!! Sensaciona!! Atriz de talento …..carismática….e linda…..

  39. Se eu já li, se conheço modelo de roteiro de novela?
    Hoje, trabalho em muitas coisas aqui na terra do tio Sam. “Muitas coisas tipo o que?” Me perguntaria alguém mais interessado. “Tudo. … Aham, tudo.” Respondo com muita propriedade. …Até escrevo coisas.
    Mas, baixo à um sol escaldante e um trabalho não menos escaldante, vem em minha mente lembranças… lembranças.
    Como por exemplo o dia em que Geraldo Matheus Torloni me chama para integrar à produção da novela “CARMEN” da Glória Perez. Isso, nos idos anos 80, na extinta Rede Manchete de Televisão. Ocorreu, naquele tempo que a direção de produção escapolia das mãos do José Wilker e, Geraldo Mateus Torloni assumia – mais uma vez – a direção geral de produção. Até então, a novela já estava no capítulo 100 e, a partir daí, eu iria fazer parte da equipe de produção. Mas, pra quem conhece Geraldo Matheus Torloni, nada é tão simples assim. Ele pede a Nadia Barata ( se bem me lembro o nome da menina ) para entregar-me os cem capítulos da novela, para eu ler tudo de forma que melhor compreendesse e pudesse me sentir inserido no contexto ( risos ). Assim trabalhava Geraldo Matheus Torloni. E isso fiz, em dois dias, antes do início de meu trabalho. Convivi muitos dias de minha juventude, e idade matura, lendo e decupando roteiro de gravação e produção. Claro que, naqueles dias, jamais imaginava que um dias o escaldade sol do meu dia à dia, me traria essas doces lembranças.
    Sim, conheço roteiros de novelas, não apenas por experiências como essa aqui registrada, mas – também – pela batuta do ensino de Doc Comparato, onde muito aprendi.
    Claro, reconheço que uso muito a linguagem tecnica, pois aprendi como meu querido amigo e diretor Geraldo Vietri , a visão cinematográfica de tudo que imagino quando escrevo. Geraldo Vietri era um dos poucos que escrevia e dirigia suas obras.
    É, eu realmente não podia imaginar que toda a luta e aspirações de minha juventude resultaria no labor árduo de um medíocre trabalho sob o sol no sul da Florida. Mas, lá no fundo do meu coração, algo insiste em dizer que esta história não acaba por aqui. Portanto, encerro essas palavras com o pensamento de Nietzsche:
    “O que não provoca minha morte faz com que eu fique mais forte”
    E, é claro , não poderia deixar de postar o pensamento de Flávia Barros:
    “Recomeçar é mais difícil que começar, pois requer a coragem do início e a superação do fracasso.
    Então hoje … arrisque-se!”

    A todos, Aquela paz!

  40. O capítulo de ontem teve cenas excelentes, principalmente com Cristina e seu apaixonado, com texto sério, primoroso, educativo sem ser chato. Isso além da sequência final, mostrando sem diálogos toda a angústia e inquietação de Maria Marta. Ótimo! Para ser novelão ainda melhor, à moda antiga mas moderno (sou antiquado, você entende?), sinto falta da orquestra de Otto Cesana nos melhores momentos e um pouco mais de melodramaticidade, tipo Madame X, A Esquina do Pecado, Sublime Obsessão e vários outros do gênero.

  41. Adorei a matéria, amei a produção, amo a atris, e estou amando a personagem. Parabéns!!!

  42. Linda!! Cabelo lindo!! Está inspirando muitas mulheres!! Diferente e de personalidade forte!! Adoroooooo…..#lucadu ..ela ama ele…quem ama cuida…..

  43. Josie é lindaa, atriz sensacional ,ta ganhando o público cada vez mais e seu carisma com todos os fãs não tem igual !!! Conto as hrs para assistir a Du e ela arrebenta !! Amando muito a josie

  44. Ahhhhhhhhhhhhh, eu amo a Duuuuuuuuuu!! Ela é linda, só assisto a novela pra ver João Lucas e Eduarda!! Já estou na campanha #LucaDu !! Meus amores!! E esse cabelo dos sonhos?! Te amo Josieeeeeee!!

  45. É LINDA A AMIZADE DO LUCAS E DA DUDA… TORCO PARA ELES NO FUTURO TEREM ALGO MAIS SERIO! HEHEHEHEHE
    SERA Q VAI ROLAR?

  46. Caráca!
    Que mulher linda!
    O tal de Lucas é doido de abrir mão de uma gata dessas!

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Security Code: