AQUELE HOMEM DE PRETO

» Públicado por em out 26, 2014 | 34 comentários

 

QUERIDO DIÁRIO (31)

fotos: Fco. Patrício

Cenário: minha muy querida e amada Petrópolis

Estava eu em pleno almoço, a traçar uma picanha na Churrascaria Majórica, aqui em Petrópolis, quando uma senhora se aproximou com a filha e me pediu pra tirar uma foto. Eu atendi, é claro, e o garçom fez a vez de fotógrafo. A menina me deu um beijo, a senhora um abraço, as duas me parabenizaram pelo sucesso de “Império” e foram embora… E aí o garçom não resistiu e me perguntou:

“Aquele comendador existe, não é? O senhor conheceu ele”.

Não resisti e perguntei porque ele achava isso… E ele me respondeu:

“Porque ele é verdadeiro demais pra ter saído de sua cabeça”.

De volta à minha picanha – e antes só que mal acompanhado -, fiquei ali, tentando me lembrar do instante exato em que o comendador José Alfredo Medeiros brotou de dentro de minha cabeça, mas não consegui. No máximo consegui lembrar do momento em que pensei: “quero que ele seja como eu: tenha os cabelos brancos e eriçados e só se vista de preto”.

A partir daí fui acrescentando ao personagem outras características minhas. O hábito de acordar cedo; a mania de arrumar meticulosamente a própria cama antes de sair do quarto; o prazer de preparar o próprio café da manhã e depois degustá-lo numa boa, sozinho, antes que os outros acordem; os rompantes que podem se tornar violentos e assustadores esporros (não se enganem com este meu sorriso bobo); a determinação e a vontade de fazer bem as coisas, a voracidade e o prazer de ser o melhor e o primeiro, de nunca se conformar com o trivial, de reger a própria vida sem medo de cometer os maiores erros… E de achar que não vai morrer nunca, e que por isso pode fazer planos para os próximos duzentos anos.

Sim, o comendador José Alfredo Medeiros sou eu… Mas, como todo bom personagem, é multifacetado, e é também vários outros. E são estes os que eu não revelo. É claro que já conheci várias criaturas reais parecidas com ele. De cada uma delas, assim como de mim, tirei um pouco e acrescentei ao Imperador dos Diamantes. E é claro que o ator, que deu carne e corpo a ele, acrescentou outros detalhes… E o tornou um personagem inesquecível.

Tenho paixão por algumas das minhas (muitas) personagens femininas… Mas de uns tempos pra cá descobri que também adoro meus homens. Só José Mayer já viveu pelo menos meia dúzia deles,  desde que estreou na tevê vivendo o Jorge Fernando de “Bandidos da Falange”: Osnar, Teobaldo Faruk, Dirceu, Pereirinha, e agora esse incrível Cláudio Bolgari… E acho que houve ainda outros. E José Wilker, meu Deus, que fez uma enfiada de outros personagens meus, e imortalizou Giovanni Improtta e o seu “felomenal” bordão… E o que dizer do Marconi Ferraço de Dalton Vigh, de Felix Guerrero e Juvenal Antena, ambos vividos pelo magistral Antônio Fagundes, de todos os oito que Lima Duarte fez comigo, do Crô de Marcelo Serrado, e agora… desse comendador de Alexandre Nero que todos amam?

Sim, cada um deles teve um pouco de mim… E todos tiveram muito de outros.

Mas… Desculpem se parecer arrogante, de todos os meus personagens o maior que eu criei fui eu mesmo. Não pensem que foi fácil. Quando vejo esses políticos se fazendo de solidários com os pobres só pra ganhar votos, tenho vontade de jogar pedras neles. Poucos dentre eles sabem o que é pobreza, e os que sabem, mal são eleitos, logo tratam de esquecê-lo.

Já eu, não posso esquecer minhas origens… Nem aquele menino magro, desengonçado, feio e pobre que fui, e que, submetido a todo tipo de preconceitos, sofreu horrores… Assim como não posso deixar de dizer a mim a mesmo, todos os dias, com suprema satisfação e supremo orgulho, que tive muito mais do que merecia, já que aquele garoto de Carpina, destinado a ser no máximo um  homem do terno cinzento qualquer, vestiu-se todo de preto, traçou uma linha reta, foi sempre em frente e acabou indo muito longe.

Enquanto pensava em tudo isso… Melhor dizer: enquanto divagava, foi-se a picanha, foram-se as fritas e o arroz maluco… E restou meia garrafa de vinho, pois, quando estou só, meia garrafa é o meu limite. Foi só quando dispensei a sobremesa e o cafezinho que o garçom que me atendia se atreveu a perguntar:

“Posso tirar uma foto consigo?”

Eu disse que podia, é claro. Assim foi feito… E quando eu saía ele me disse:

“O senhor pode negar quanto quiser… Mas que aquele tal de Zé Alfredo existe… Existe!”

 

 

34 comentários

  1. Querido Aguinaldo, vi que respondestes algumas pessoas e não respondestes a mim, sou Aguinalta e não quero me sentir excluída rsrs.

    Um super beijo com carinho,

    Vânia.

  2. Nada disso! Próximo encontro de Aguinaltas podia ser em Recife. Assim ele ia rever a família, rever todo mundo daqui e vcs iam sentir a brisa do tubarão faminto.

  3. Bom que o próximo encontro de Aguinaltas pudesse ser em Porto Alegre, né Aguinaldo! Tu já aproveitas pra visitar a cidade!

  4. Legal você ter se descoberto no personagem do Comendador (sem as pilantragens lógico) . Podia ter dito ao garçon que era você mesmo …A comida da Majórica é tudo de bom ainda mais a picanha e as fritas . Pena que acabou a de Friburgo !!!

  5. Legal você ter se descoberto no personagem do Comendador. Podia ter dito ao garçon que era você mesmo …A comida da Majórica é tudo de bom ainda mais a picanha e as fritas . Pena que acabou a de Friburgo !!!

  6. Aguinaldo, abre o olho, rsrsr, tem uns dois aqui loucos para apropriar-se do seu diário.
    Verdade, ontem o capítulo estava sonolento, não aguento mais a Marta, que se diz quatrocentona e faz tanto barraco. A Cora, Amanda, Maurilio, Tuane, Reginaldo estão precisando trocar a pilha. Bora turbinar essa história Mestre.

  7. Alexandre.Ganso, você não acha nada pois você é um baita puxa-saco. E trate de me convidar para o próximo encontro do Aguinaltas… Humft!!

  8. Sou fã número 1 da Tuane . Grande atriz! No pouco,quase nada, que aparece, rouba a cena. Arrasa. É lindja!!!

    Foi protagonista em uma novela recente das 21 horas. Merece mais destaque.

  9. Gostei da referência ao ‘Le Velmont’ (se não me equivoco na grafia) no capítulo de ontem.

    32,5 pontos de média com picos de 36.

    Tem ‘especialista’ reclamando nas redes sociais que o capítulo de ontem tava ‘chato’. Ah, vão se catar!

    Eu cheguei a comentar com a Dona Gansa que o capítulo tava um pouco cansativo mesmo… Mas sabe o que é isso? É gente mal acostumada com cpitulo atrás de capítulo de tirar o fôlego.

    É claro que depois de sequencias sensacionais o natural é normalizar a curva, ora!

    Não dá pra acostumar mal essa gente, Aguinaldo!

  10. Acho sim o Comendador um grande personagem em todos os sentidos. Mas não consigo gostar da interpretação do ator.

    Problema meu. O ator está agradando a todos e o personagem é um grande sucesso.

    Sucesso: isso que interessa.

  11. Você é um grande vencedor! Um homem de sucesso!

    Imagino quão grato você deve ser aos seus pais por terem lhe proporcionado os recursos (internos) para você chegar onde chegou. Acho que é por isso,também, que você – apesar de moderno,culto e intelectual – valoriza tanto a configuração familiar tradicional e a simbologia que essa configuração representa para toda a vida de um sujeito.

  12. Sabia que o comendador tinha um pouco de você Aguinaldo, principalmente a elegância… Ah, não venham dizer que estou puxando nada não, o comendador é um charme.

    Que cidade maravilhosa é Petrópolis, reconheço cada lugarzinho das fotos.

    Grande abraço e muita luz.

  13. Gostei do site Mikels Shoes.Gostei dos sapatos.
    Bom gosto.
    Aconselho os colegas a conhecê-lo.São calçados finos,elegantes e parece que bem macios.Isso é o mais importante,maciez.

  14. Oop’s…..Aguinaldo,desculpa o grotesco erro:Sou descendente de portugueses e europeus.(?).
    Onde tava com a cabeça que escrevi isso?Desculpa Aguinaldo e “meus colegas” que também aqui cometam.Eu ia escrever portugueses e espanhois.Ambos Países EUROPEUS!Que furo!
    Se o Theo Pereira lê isso,tô ferrada……..kakkaka.
    Perdão!!!Acho que foi a emoção do seu recado querido autor.
    Que vergonha….Kkkakakka…
    Vou me arrumar para ver a novela.
    Obrigada!
    Explicado!!!

  15. Olá Aguinaldo boa tarde.

    Por sorte estava na mesma Churrascaria que você, gosto muito da Majórica, estava com minha família em uma mesa próxima a sua.
    Ia lhe pedir uma foto mas parecia-me tão concentrado na conversa com seus amigos que decidi não interromper.
    Gostei muito do seu desabafo em nos esclarecer que o comendador é você…você também tem aquele jeitão dominador? aquela mania de citar frases em inglês também é sua? sobre seus amigos do almoço, podemos aguardar algum deles em Império?

    beijos de uma fã que lhe acompanha há bastante tempo.

    Vânia Lopes.

  16. Aguinaldo,boa tarde!
    Felicíssima por sua resposta.Adorei!
    Aguinaldo Silva,meu sorriso foi largo!Rs…Que elegante de sua parte me explicar tudo sobre sua grife de sapatos e os absurdos impostos.Eu sei,os impostos cobrados pelo governo são abusivos.Vez ou outra saio do País e sinto na pele essa situação.
    Amo Portugal,conheço Fátima,Porto,Lisboa,Sintra,Cascais etc…Acho lindo!
    Amo a Europa.Também os EUA!Acredito,que, sou mais ligada a Europa.Sou descendente de portugueses e europeus.Tudo ali é tão lindo!
    Bom,vc já arrancou um belo sorriso meu(convencida)por responder-me.Agora vou falar para as amigas “Aguinaltas”( Eu não sabia desse porém),achei o máximo.Sou uma Aguinalta.E,desculpa,reparei hoje que seu nome não é “Agnaldo”,e eu escrevia errado.Perdão!Você é elegante até nisso!Soube chamar minha atenção com classe.Desculpa pelo fato.É que conheço vários Agnaldos e não observei o vacilo!
    Um abraço.Que Deus lhe cubra de muita luz,paz e sossego.
    A novela está boa.E,gostei de saber que Naná vai ter um relacionamento com o Antonio.Eles merecem.
    Um dia vamos nos encontrar com alguns Aguinaltas,sim!Será maravilhoso.Poderá ser no Antiquarius ou na feira de São Cristovão como o colega indicou.Todo lugar é bom quando se está em boa companhia.
    Vou aguardar o sorteio….quem sabe?
    Obrigada!
    Anna**

  17. Oi portal,

    Bem que eu desconfiei que o comendador tinha muitas característica em comum com você, Aguinaldo. Acredito muito que é quase impossível criar sem extrair muita coisa de nós mesmos!

  18. Aguinaldo, sou hiper fã das suas novelas,mais tenho um xodó pela novela Duas Caras e por esta que esta no ar, Império, então queria lhe expor o q pensei para Zé e Ísis…

    Seria lindo um final assim: Zé sumido, Ísis se sustentando sozinha, passa -se alguns anos, Zé consegue seu império de volta, e ao encontrar com Ísis na rua , vê q ela esta ao lado de uma criança, um menino… Ele grita: Ísis… Ela olha e sorri, ele vai ao encontro dela e diz q estava morrendo de saudades q precisa contar pq q ele sumiu… Ai ela fala: n quero saber de nada importante é q vc Esta aqui com nós… Zé responde: nós? Nos quem? E Ísis fala: nós, eu, vc e jose Alfredo filho… Ele RI e diz: não acredito, é nosso filho? E Ísis: sim, faça as contas… Nosso mais novo imperador… E eles se beijam na rua …ficam felizes p sempre! ❤

  19. Aguinaldo, sou hiper fã de suas novelas, mais tenho um xodó pela Novela Duas Caras e agora por esta que esta no ar, Império, resolvi te mandar um final no qual acharia lindo para Zé e Maria Ísis… Seria lindo um final assim: Zé sumido, Ísis se sustentando sozinha, passa -se alguns anos, Zé consegue seu império de volta, e ao encontrar com Ísis na rua , vê q ela esta ao lado de uma criança, um menino… Ele grita: Ísis… Ela olha e sorri, ele vai ao encontro dela e diz q estava morrendo de saudades q precisa contar pq q ele sumiu… Ai ela fala: n quero saber de nada importante é q vc Esta aqui com nós… Zé responde: nós? Nos quem? E Ísis fala: nós, eu, vc e jose Alfredo filho… Ele RI e diz: não acredito, é nosso filho? E Ísis: sim, faça as contas… Nosso mais novo imperador… E eles se beijam na rua …ficam felizes p sempre! ❤

  20. Aguinaldo eu estava na Churrascaria Majórica no almoço de Domingo. Sou testemunha do assédio das pessoas o que só prova o seu talento. Mas, ao contrário do Comendador José Alfredo, vc não estava a almoçar acompanhado da Maria Ísis, mas sim com dois jovens rapazes na sua mesa. Rssss

  21. Esperava um diário adolescente e não um diário de bordo (viagens). O preto básico lhe cai super bem!!! Quero saber como foi seu primeiro beijo, como descobriu que nasceu para ser escritor, e quando foi que se sentiu atraido pela primeira vez. A novela está muito boa, o enredo e a escolha dos atores (alguns acho muito dramático para teledramaturgia). Sinto falta das cores do Almodovar, com exceção do blogueiro. Tudo parece muito sombrio. FORTE ABRAÇO.

  22. Esqueci,Agnaldo,vc está muito elegante e charmoso.
    Continue assim!
    Fui!
    Bjs!

  23. O Comendador para mim,é um cara que cheira a cio…….kkkkkkk.Numa boa!
    Adorooooo……ele é um gato.Feliz da Isis!
    Marta é um porre!Detesto aquela interesseira!
    Que família louca!Deus me livre de ter uma família daquele nível.

  24. Amei seu diário Agnaldo!Vc é um cara sensível e cheio de vida.Perspicaz!
    Amei seu sapato!Lindo.Parece Italiano.Posso está enganada,é italiano?
    Você bem que poderia acatar a sugestão do colega Spectro – Méier e irmos um sábado ou domingo,a feira de São Cristóvão.Assim conhecerei e nós íamos bater um papo daqueles.Não sei se comeria sarapatel,mas comeria carne de sol e ouviríamos uns forrós/sambas.Rs…
    Pense no caso e escolha uma turma aqui por sorteio.
    Cada um paga o seu!Ia ser bem legal,vamos Agnaldo?Quem sabe vc não tira proveito da situação?
    Um forte abraço!
    Espero um dia vc responder meus comentários.
    Viva a vida!
    Saúde!Paz e amor!

    Aguinaldo Silva
    Anna** querida, obrigada pelos elogios. Adoraria seguir sua sugestão e sortear alguns dos nossos amigos comentaristas para um encontro. Já fizemos vários – e eles se auto-intitularam os “Aguinaltas”, mas no momento estou entregue à novela 36 horas e mais alguns minutos por dia. Assim que tiver tempo promovo o encontro. Eu também não como sarapatel… Meu sapato não é italiano, é Mikels Shoes, da minha grife que fabrico – e vendo – lá em Portugal. É ela que patrocina este nosso espaço, como você poderá ver no alto da página. Infelizmente os sapatos só chegam no Brasil por compras via internet, pois são vendidos em euro e as leis de importação brasileiras, que são jurássicas, oneram qualquer produto importado em pelo menos 100% do preço original. Pouca gente se dá conta disso, mas, por exemplo, quando você compra um carro importado por R$ 150 mil ele na verdade só custa R$ 75 mil, os outros R$ 75 mil vão para o governo. Pode?…

  25. Aguinaldo,agora vou eu dar um de Téo Pereira. A estrutura da sua novela é impecável! Longe de mim querer te ensinar nada.porém como quem assiste a historia, esta tudo muito água com açúcar!concorda?sera que já não esta na hora de pegar fogo? A mocinha tem que perder esse jeito amarrado da personagem,ser sequestrada,espancada por um vilão querer fazer justiça com as próprias mãos!a Cora tem que aparecer mais arrumar um serviço na império de faxineira,fazer parceria com a Daniele e por para quebrar!!!E a irmã do Enrico por ventura ela faz papel de múmia? digo irmã por que não sei o nome da personagem. inaugura uma boate nesta novela para os personagem jovens se encontrar,ressuscita a Rosa Palmeirão para ser a Dona!A Xana Pode fazer bico lá Tbm…Afinal a Rosa sera conterrânea do Comendador e os dois podem ter um romance. abraços…

    INTERVENÇÃO DO SOMBRA: PREZADO SENHOR CHARL, A NOVELA QUE O SR. AGUINALDO SILVA ESCREVE NÃO É ÁGUA COM AÇÚCAR. ELA SÓ FICA ÁGUA COM AÇÚCAR DEPOIS DE PASSAR PELA TESOURA. ENTENDEMOS O QUE O SENHOR QUER DIZER, MAS NÃO PODEMOS FAZER NADA. QUALQUER TENTATIVA DE TORNAR A NOVELA, DIGAMOS ASSIM, MAIS ADULTA, É DEVIDAMENTE PODADA. SENTIMOS MUITO. ABRAÇOS.

  26. O término de Cris e Vicente foi mais ou menos assim:
    Cora: “Cristina, o Vicente é um marciano que está infiltrado entre nós”
    Cristina: “Vicente, prova para mim que você não é um marciano e está aqui só para me dominar e manipular”
    Vicente: “Cristina, eu não posso provar que eu não sou um marciano se você não consegue confiar em mim e acreditar que eu sou um humano então adeus”

  27. Aguinaldo meu querido, rapaz, como gosto de ler seu diário… gosto muito quando você da as caras aqui no portal!
    Claro que sei que ta sempre de olho… mas quando da as caras e faz seus comentários ao diário, gosto muito!

    Essa parte,
    “Mas… Desculpem se parecer arrogante, de todos os meus personagens o maior que eu criei fui eu mesmo. Não pensem que foi fácil. Quando vejo esses políticos se fazendo de solidários com os pobres só pra ganhar votos, tenho vontade de jogar pedras neles. Poucos dentre eles sabem o que é pobreza, e os que sabem, mal são eleitos, logo tratam de esquecê-lo.” sem dúvida é bem forte.
    Conheço bem essa experiência. Tantos confundem vontade de comer com fome e não tem ideia do que – de fato – vem a ser a tal fome.

    Por essas e outras gosto de ler seu diário. Há verdade nas linhas. E quanto ao personagem que você criou pra si mesmo, basta passar por você e pedir uma foto que qualquer pessoa, com sensibilidade, verá o real Aguinaldo que você é.

    Meu querido, tudo de bom e quando voltar aqui em Miami, não deixe de me procurar… pois de vinho não entendo nada mas de café, tenha certeza. E gostaria muito que você desfrutasse de um bom café em minha casa, certo?
    Tudo de bom e aquela paz!

  28. Vamos na Feira de São Cristovão “bater” um sarapatel ?

  29. Sei muito bem como era essa época e as condições de pobreza a qual se refere…por isso vc merece toda a minha admiração, não só por sua carreira e seus personagens maravilhosos…mas por sua história de vida…daria um belo filme…Parabéns e boa sorte sempre!

  30. Hoje estou precisando daquele lenço negro com o qual o Comendador enxugou suas lágrimas quando deu a noticia para Clara vestida de noiva que o Enrico não chegaria para o casamento…(belissima cena)

    Com aquele lenço quero secar minhas lágrimas de tristeza pelo nosso Brasil que foi enterrado em 4 anos de treva .

    🙁 Beijos e uma semana suave a todos vocês.

  31. Fico triste pensando no fim dessa novela, minhas noites jamais serão iguais sem o Comendador, homem simples, inteligente, sensível e lindo. Aguinaldo Silva, verdadeiro na pele de José Alfredo, um homem que não esconde sua origem e compartilha em forma de arte. Parabéns Mestre!!!

  32. Querido AGUINALDO,
    Acabei de ler nosso, meu, seu DIÁRIO (31), e, como sempre, gostei muitissimo.
    Faltou foi a dedicatória a mim. Lembra? Esses DIÁRIOS são para
    MIM, SIM!!
    Mas mesmo que esta vez se tenha esquecido, não tem importância,
    porque você está sempre perdoado.
    As fotos, Magnificas e o “Homem de Preto”, um gostosão, não é não?
    “Império” também está fazendo sucesso em Lisboa. Graças a Deus
    não é só no Brasil…embora eu acredito que hoje no Brasil há muitos
    tristes, com o resultado das eleições, mas, o que lhes vale é que logo,
    Segunda-feira, há “Império” e os faz esquecer esse resultado, não é,
    não? (Como diria o Comendador…)
    Beijos querido e continue com esse Sucesso SUPIMPA.
    Magdalena

  33. Ainda bem que existem coisas boas para se ler na internet. Tudo o que eu queria neste momento o senhor acabou de escrever. Muito obrigada. Sua novela é maravilhosa e para mim é um refúgio. Costumo dizer quando algo vai mal o seguinte ‘ TO ME GUARDANDO PRA QUANDO O IMPÉRIO CHEGAR “. então que venha logo a segunda-feira.

  34. Você disse aqui, tantas vezes, que mal estava dormindo por causa de seu trabalho… Muito bom que teve tempo para respirar, não é, não? Parabéns pelas belas fotos e por sua ótima fisionomia. Acho que a novela está te fazendo muito bem! Poderia responder uma pergunta pessoalmente? Estará me trazendo uma ótima alegria! Então, pergunto: E a sua ascensão até chegar a ser escritor, como foi? Faltou só esta parte nessa história. Ah, só mais uma: a Cristina vai ter um romance, de verdade, com o ‘homem de preto’? Aguinaldo, parabéns por todo o seu trabalho. É uma grande fonte de inspiração. Quando lançar sua biografia, por favor, não se esqueça de nos comunicar.

Trackbacks/Pingbacks

  1. » Autor de Império, Aguinaldo Silva ganha título de Comendador, é tietado por Dilma Rousseff e descobre que a presidente é fã da novela - Beira-Mar - [...] pois fazia questão de entregá-la pessoalmente a mim”, gabou-se Silva, que no mesmo blog já declarou ter se inspirado…

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Security Code: