Eu Recomendo – Programa 01

» Públicado por em set 16, 2016 | 5 comentários

 

 

Todas as sextas-feiras estarei no meu canal do You Tube dando a vocês dicas culturais para o fim de semana. Estas são as primeiras.

5 comentários

  1. As dicas são muito boas, mas Esplendor na Relva… Traz um pouco da minha juventude de volta, memórias afetivas e , claro, as lágrimas que rolam sempre – sejam de alegria ou tristeza. Filme lindo.

  2. É lamentável o descaso com o qual a prefeitura daqui trata da memória de Clarice Lispector. A estátua em sua homenagem se encontra coberta de plantas, a casa que fora sua residência está fechada e prestes a desabar e da última vez que fui até a praça Maciel Pinheiro e perguntei: cadê Clarice? Uma moradora de rua, visivelmente doidona, respondeu: aquela do livro na mão? Tá ali perdida nas plantas. E me pediu 5,00 reais pra ajudar a arrancar um dente .

  3. OI Aguinaldo,
    Obrigada pelas dicas.
    Vi “Esplendor na Relva” e não esqueço. Romantico, lindo!
    Clarice eu já li algum livro dela e acho ela uma escritora
    que prende o leitor, portanto muito boa. Diria, Fantástica!
    Auardo o segundo YouTube. Curiosa…
    E então os Emmys? Estava esperando os seus comentáros.
    Abraço
    Magdalena

  4. Amei a nova iniciativa Aguinaldo . Você sempre tão sábio…
    Por Nelson Rodrigues sou completamente apaixonado. Tomei-lo como referência desde que li pela primeira vez uma peça dele em março deste ano. De lá pra cá já foram várias, não consigo escolher a melhor , é IMPOSSÍVEL. Descobri um livro de crônicas dele também , que aproveitando o trocadilho( risos) _ Eu super recomendo!
    Clarice então , o que dizer ? Li pela primeira vez um livro dela o mês passado: “Um aprendizado ou o livro dos prazeres”. De início tentei decifrar em qual lugar da alma , Clarice e suas “frases de impacto” tentam nos tocar. Porém descobri que Clarice é muito mais que isso. Ela fala sem querer falar. É muito mais reflexão do que envolvimento. Impossível não se identificar.
    Quanto a Guimarães rosa, esse mineiro que tanto entendia do Sertão, nunca o li ainda. Ainda..
    Ps:. E viva a literatura nacional … Não é só de Proust , Balzac ou Dostoiévski que se vive.
    Grande abraço. 😀

  5. Adorei a ideia! Dicas preciosas para facilitar nossas escolhas! Obrigada, Aguinaldo Silva!

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Security Code: