TRAFICADA, BEM COMPORTADA

» Públicado por em maio 14, 2013 | 47 comentários

 

“Não sou santa, mas sou bem careta”, define-se Laryssa Dias, a prostituta traficada Waleska, de Salve Jorge, que teve seu papel ampliado com o desenvolvimento da trama. Muito diferente de sua personagem, a atriz, de 30 anos, 1,65m e 52 quilos, conta que nunca fumou, bebeu ou usou drogas, e teve seu primeiro namorado aos 19 anos. “Tenho padrões morais bem definidos, e uma família muito unida. Meu pai sempre foi geração saúde. Com cinco anos perguntei à minha mãe como era feita a carne que estava comendo. Quando ela disse qual era o processo até chegar ao consumo, perdi a fome, e passei a ser vegetariana”.

entrevista de Simone Magalhães

fotos de Fco. Patrício

______________________

De personalidade forte, a estreante em novelas garante que só faz concessões “por uma causa justa”. É perseverante: investiu em vários cursos de interpretação, e foi em busca de trabalho. “Levei muitos ‘não’ em testes, mas nunca pensei em desistir”, afirma a atriz, cuja personagem, nesta sexta-feira, termina a novela com um happy end unindo-se ao policial Almir (Murilo Grossi). Detalhe para os curiosos: o nome da moça não é artístico. Foi Suely, mãe dela, que ao ver um quadro assinado pela pintora Laryssa – com “y” – resolveu batizar assim sua primeira filha. Pode ter dado um plus, mas o sucesso veio com a soma talento + batalha.

“Mergulhei nos universos do tráfico humano e da prostuição”

‘Logo que fui aprovada no teste para interpretar a Waleska mergulhei em dois universos: o do tráfico humano e da prostituição. Fiz laboratório durante cinco meses. Workshops, palestras, conversas com delegados, com responsáveis por ONGs, familiares de ex-traficadas. Fui a várias baladas nas que sabia que tinha garotas de programa. Eu chegava, dizia quem era e o que gostaria de conversar, jogava limpo. Muitas se negavam, mas outras falavam abertamente sobre suas vidas. A maioria tem filhos, e faz da prostituição o sustento da família. Pelo que percebi, elas entram num círculo vicioso, de acomodação, não querem perder a boa condição financeira que têm. Acompanhei um dia delas, fui ao mercado, fazer compras, buscar o filho no colégio. É um dia a dia comum. Quis humanizar a Waleska, que é uma pessoa do bem, digna e ajuda as outras traficadas. Pela resposta do público, nas ruas, consegui (risos).’ 

“Minha função é iluminar as pessoas”

‘A sociedade não conhecia esse tema do tráfico de mulheres, achava que era lenda urbana. Agora, as pessoas já debatem sobre isso, os casos estão aparecendo, redes estão sendo desbaratadas. Minha maior satisfação é ver que o objetivo da novela foi atingido. E é uma realização como atriz, como ser humano! Sou um soldado, preciso ter disciplina e passar o que a personagem quer dizer. Minha função é informar, iluminar e emocionar as pessoas.’

“Sou muito família”

‘Sempre quis ser atriz. Com 5, 6 anos comecei a participar de um curso de lambada no condomínio onde morava. Depois de seis meses já me apresentava, com meu professor, nas matinês de casas de shows, em São Paulo. Meus pais estavam sempre comigo. São meus maiores incentivadores. Cresci ouvindo meu pai tocar guitarra, violão… Ele sempre teve banda, e compunha também. Sou muito parecida com ele: comunicativa, gosto de público, adoro conversar. Já minha mãe é mais discreta. Eles são mineiros e foram morar em São Paulo. Tenho dois irmãos: Tássio, de 29 anos, e Sarita, de 24. As famílias paterna e materna estão em Juiz de Fora. Somos muito unidos. Faço questão de vê-los, pelo menos, uma vez por ano. Em 2012, não deu pra ir no Natal, porque estava gravando muito, mas fui lá na Páscoa, quando tive um tempo. Sou muito família.’ 

 “Fui à luta pela profissão que escolhi”

‘Depois de fazer aulas de jazz, balé, com 12 anos resolvi me dedicar ao teatro. É aquela época em que na escola todo mundo pergunta o que você quer ser, e eu não tinha dúvida nenhuma: ‘Quero ser atriz!’. Participava da maratona cultural do colégio, montava peças, e, aos 13, fui estudar na Casa de Teatro, com a Ligia Cortez. Era tudo que eu queria, mas, na hora do Vestibular, bateu aquela dúvida. Com 17 anos talvez não estivesse tão madura para fazer Artes Dramáticas. E optei por Propaganda e Marketing, no Mackenzie. Mas, ao mesmo tempo, fazia cursos de interpretação, curtas, trabalhos com o Grupo Tapa. Na semana seguinte à minha formatura na faculdade, fui procurar uma escola de interpretação para depois tirar meu DRT (Documento de Registro Técnico), e ir à luta pela profissão que escolhi’.

“Nunca bebi, fumei ou usei drogas”

‘Depois de várias tentativas, fazer alguns curtas, conhecer muitas pessoas, me chamaram para fazer um teste para o filme da Bruna Surfistinha. Era um desafio, já que a personagem não tem nada a ver comigo. Nunca bebi, fumei ou usei drogas. Mas não teria problemas em aceitar, caso tivesse sido chamada. Claro, que precisaria fazer um preparação. Como fiz para a Waleska. Mas nunca recusaria um papel que me desafiasse. Pelo contrário. Tanto que, depois, em 2010, fui aprovada no teste para série policial 9mm:SP, na qual interpretei a Núbia, amante de um traficante, de um policial, e metida com drogas. Foi uma porrada, no bom sentido. Fiquei duas temporadas na série, e, em 2011, fiz o curta Fui Comprar Cigarros, do Marcel Mallio, que me deu mais visibilidade.’ 

“Sou super-romântica, gosto de homem galante”

“Tive namoricos, paqueras, mas namorado mesmo, de apresentar à família, foi aos 19 anos. O relacionamento durou um ano e meio. Na verdade, tive poucos namorados, só os pelos quais me apaixonei. Não gosto de ficar por ficar: não agrega nada. Tenho que estar apaixonada. Sou muito intensa, sabe? Quando amo, amo demais. Quando sofro, demais. Tudo é muito (risos). Meu namorado (Wilson Cardoso, 40 anos), é sociólogo – tem uns projetos sociais maravilhosos – e publicitário. Ele tem um pouquinho de ciúmes ao ver algumas cenas, mas também tem tanto orgulho de mim, que releva isso. Sou super-romântica, gosto de homem galante, que abre a porta do carro, que ‘cuida’ da namorada. Quero me casar, ter dois filhos, mas não agora. O foco é a minha carreira”.

 

O QUE NÃO PODE FALTAR…

NA BOLSA – ‘Protetor labial com filtro solar e hidratante. Se não os lábios podem ficar rachados’.

NA MAQUIAGEM – ‘Batom vermelho fosco, para sair. Peguei isso da Waleska! (risos)’

NO ARMÁRIO – ‘Perfumes masculinos – um dos meus preferidos é o Armani Code – e loção com cheirinho de bebê’.

NA GELADEIRA – “Água gelada. Bebo cerca de 2 a 2,5 litros, por dia. Mas a meta é tomar 3 litros’.

NO PRATO – “Arroz com feijão. Adoro!’

 

O QUE LARYSSA ACHA DE…

PRECONCEITO – ‘É muito triste! O ser humano deveria naturalmente respeitar o outro. Nada de violência, de discriminação. Respeitar a liberdade do outro. Respeito é uma palavra tão importante!’

ABORTO – ‘Sou contra. Mas acho que a mulher deve poder escolher em caso gravidez por estupro ou se o feto não for sobreviver, por alguma anomalia, depois.’

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER – ‘É inadmissível! Tem que denunciar mesmo, e o culpado deve ser punido. As pessoas só aprendem vendo exemplos”.

TV – ‘É o meu local de trabalho. Tenho colegas lá. E todos estão trabalhando por um objetivo. É minha primeira novela, tudo muito novo. Mas em todo lugar onde você está começando vai criando laços com quem se identifica mais, baseado nos seus valores, na sua experiência de vida, nas afinidades.’

RELIGIÃO – ‘Sou católica por formação, mas tenho meu jeito particular de conversar com Deus, que é uma energia muito positiva, o contato com a natureza, tudo de bom que nos cerca. Só peço proteção e saúde. Ah, agradeço também’.

DROGAS – ‘Nunca usei absolutamente nada. Nunca quis experimentar. Na adolescência, muita gente diz que se você usar vai se sentir feliz, bacana, solta na balada, animada… Mas eu já sou assim normalmente, não preciso de nenhum ‘aditivo’. Acho que o diálogo, as informações, os valores devem vir dos pais. Eu sei o que quero pra mim. Jamais vou usar”.

LIMITES – “A sensação que tenho é de que os pais e os filhos têm horários diferentes, desencontrados, e outras pessoas acabam tomando conta das crianças. Acho que os pais devem estar próximos, disponíveis para conversar, educar e acompanhar o crescimento dos filhos. E nessa relação mostrar limites é fundamental. E fazer bons programas também: levar ao parque, ao teatro, ao museu… Não deixá-los apenas no computador ou com o videogame.”

LIBERDADE – “Ser o que você é, viver a sua verdade”.

CORPO – “Qualquer pessoa precisa se cuidar para ter boa saúde. Quando você trabalha com a imagem deve ter um cuidado maior, mas sem paranoia. E se a personagem for interessante, pelos conflitos, pelos desafios que apresentar, aceito independentemente de ser gorda, careca, o que for. Como atividade física faço muay thai (boxe tailandês) e gosto de correr ao ar livre. E quanto à alimentação sou ovolactovegetariana. Ou seja, também como ovos e derivados do leite. É claro que um chocolate – que eu adoro! – ou uma pizza, de vez em quando, não tem problema. O bom dessa mudança alimentar é que minha família diminuiu em 60%, 70% o consumo de carne”.

POSAR NUA – “Não tenho nada contra, mas sou tímida pra isso. E acho que não está ‘linkado’ à carreira, mas a um bom cachê ou à vaidade. Posso ganhar meu dinheiro trabalhando.”

SEXO – ‘Para mim, só com amor. O sexo tem que fazer o ser humano feliz. Vale tudo no momento de entrega, desde que seja bom para os dois”.

DESTINO – “Acredito em destino. Sempre soube que ia ser atriz. Mas acho que temos livre arbítrio: acredito muito na batalha pelas oportunidades. Quando não acontece é porque não era pra ser, não era o momento, e continuo buscando. Nada pra mim foi fácil’. 

PLANOS PARA DEPOIS DA NOVELA – “Ainda não tenho nada em vista, mas eu quero é trabalhar. Adoraria se surgisse um convite interessante”

(foto: divulgação)

47 comentários

  1. Gostei da entrevista de Laryssa Dias, me pareceu centrada, mostrou suas dúvidas e medos quando fez publicidade antes de decidir de vez ser atriz,enfim alguém madura para 17 anos na época,mas que bancou o desejo e foi atrá dele.
    Nunca a tinha visto antes,mas gostei muito de sua atuação como Waleska,
    fez a personagem crescer,ir para o centro da trama,e conseguiu por o foco
    no tráfico humano,independente de de ser originalmente uma prostituta(as outras traficadas foram como babás,etc,ela sabia que seria prostituta,era aqui,
    mas isso não fez o público diferenciá-la das outras traficadas.Ponto prá ela .
    Gostei de saber na entrevista que pesquisou,conheceu prostitutas e teve sensibilidade de perceber que são pessoas que levam filhos na escola.Bacana,sensível e esforçada.Com sua história de vida certamente precisou pesquisar bastante.
    Atriz pronta? Certamente não, primeiro papel grande,horário nobre,muito desafio!Ainda mais contracenando com atores da estirpe de Totya Meirelles e Adriano Garib em muitas cenas.Mas quem nasce pronto?
    Talento é parte, 90 porcento é suor,disse Picasso.
    Enfim,acho que essa moça (que tem muito pouco a ver com o clichê rostinho bonito), merece novos desafios.
    Gostaria de vê-la em breve em outra novela.Pensa Aguinaldo!!!.
    Falando em Salve Jorge gostei muito da jovem Aisha e do inesquecível Pescoço( espero vê-los por aí )
    Boa sorte Laryssa Dias,acho que vc não veio prá brincar!Que bons olhos a vejam1

  2. Nossa aompanhei a novela salve jorge,e a Larryssa Dias atuol muito bem,ela é linda tem muito talento além da personalidade e carisma com os fãs,espero ve-la em breve na telinha,estamos com saudades.

  3. A Waleska foi a melhor atuação na novela Salve Jorge, ela se saiu melhor que a própria protagonista, foi destaque na novela. Não vejo a hora dela voltar as telinhas. Vamos Laryssa….

  4. Eu Ameiii O personagem da Waleska Achei mt legal Ela Trabalha mt bem:) ja estou bem Ansiosa para ver ela nas Novelas:-)

  5. Gostei bastante da matéria, ela foi muito bem na Novela realmente. Mas porque ela não está atuando novamente?
    Ela precisa voltar a atuar, foi muito bem, melhor do que muita atriz que tem por aí….
    Boa sorte Laryssa, mta gente torce por vc !!!
    Sucesso.

  6. Waleskaaaaa, amavaaa! Tava melhor que a nanda costa na novela!

  7. Não vejo a hora de ver a Laryssa novamente na TV…. gostaria muito de saber quando será…. achei que ela se destacou perante as demais.
    Ficar sempre com os mesmo atores da casa cansa… ela é muito talentosa.

  8. Pelo visto essa foi a primeira novela da Laryssa, não me lembro de te-la visto antes. Acho que vai ser uma grande atriz sim. Deu para sentir claramente a evolução

  9. Essa mulher parece mesmo ser do bem. Tem paixão nas suas respostas e coerência. Gostei dela como pessoa e atriz, espero reve-la em breve na TV.

  10. Eu Adorei a Walesca Ela Foi uma Otima Atriz Mandou super bem Na Salve Jorge Amei o Papel dela Queremos ela de volta nas Novelas:)

  11. Aguinaldo me ajuda a ser um escritor de novelas sou seu fã Beijos e Boa Sorte

  12. Bonitinha mas tão sem graça….parecia um robo atuando, já estamos cansados de ver esse tipo de atriz na tv….alias….aquelas traficadas deveriam ter ficado na Turquia inclusive essa….pelo amor de Deus….haja saco pra conseguir ver elas atuando….Vamos sim renovar a tv, mas com gente boa….

  13. A Laryssa como pessoa parece ser bem tranquila, porem como atriz eu não gostei muito….sei que a profissão de atriz deve ser bem dificil, receber criticas tb, mas espero que ela me perdoe por isso, mas a TV os autores de novelas, devem urgentemente acabar com esse negocio de rostinho bonito, cara isso já deu….A Laryssa mesmo, me desculpem mas é ruim demais, mas tem rostinho mais ou menos, mas cadê a qualidade na interpretação?….tá faltando descobrir atrizes como Isis Valverde, Debora Secco, que juntam tudo isso….tá dando saudades de ver gente boa na Tv….só desabafando!!!! Ah….quem tá maravilhoso demais na novela é o Matheus Solano….tô amando a nova Carminha….Parabens Matheus, hoje faltam atores e atrizes com este talento!!!!Você tá arrasando…..

  14. Olá Aguinaldo….acompanhei Salve Jorge, posso dizer que não foi a novela que mais gostei, mas assisti até o final….A Laryssa parece ser bem batalhadora e tudo, mas ainda falta alguma coisa nela, acho que quando ela está atuando ela não convence, quando ha vi em Salve Jorge, dava a impressão de que ela estava somente lendo o texto, o engraçado foi que minha esposa chegou até a comentar que parecia que ela tinha a estranha mania de todas as cenas ficar segurando a cintura, ela disse que era pra ninguem perceber as gordurinhas, enfim, mulheres, mas sinceramente como atriz não me encantou, nos ultimos capitulos de Salve quem eu gostei bastante de ver atuando foi a Dani Moreno, acho ela uma gata….

  15. Eu acompanhei o desenrolar de Salve Jorge, acho que a personagem da Laryssa cresceu na trama, mas ela não conseguiu dar aquela apimentada….falta uma coisa nela que se chama carisma, emoção ao interpretar….isso….ninguem vai conseguir mudar….ela é muito sem sal….sei lá, não me encantou….infelizmente….tem muito a aprender ainda….Aguinaldo dá uma chance em uma das tuas novelas pra Thammy, adoraria ve-lá de novo em cena….Grande Bju….

  16. Achei legal a entrevista com a Laryssa, mas sinceramente não gostei muito da atuação dela em Salve Jorge, tá muito crua ainda, sem muita expressao, acho bacana estudar mais, deixa muito a desejar. Eu acho que a personagem dela pelo destaque que teve teria que ter chamado mais atenção, mas por conta da interpretação ainda bem fraca, isso não aconteceu….parece que o que mais chamou atenção foi o batom usado por ela, nada mais….diferentemente da Thammy que teve pouco destaque no folhetim e em poucos minutos cativou o publico….gostei de conhecer a historia da Laryssa, mas é como muitas outras por ai….mas como atriz acho ela muito sem graça….enfim….fica a dica: estudar mais, pois atuar é uma arte, não dá pra ser meia boca.

  17. Hoje bem cedo minha mãe me liga para Lisboa de Juiz de Fora(mg) dizendo:Meu filho, meu filho, assim que comprei o Jornal Tribuna(local da cidade) lembrei de você , uma materia sobre o Aguinaldo Silva ahaahhaahah coisas de mãe…
    Segue abaixo a cópia que fiz da matéria

    Giovanni Improtta, que ganhou fama na novela “Senhora do destino”, vira filme e estreia em Juiz de Fora nesta sexta-feira ao lado de “Finalmente 18”, “O massacre da serra elétrica 3D – a lenda continua” e “Reino escondido”

    “O tempo ruge e a Sapucaí é grande”, diria o “felomenal” Giovanni Improtta, personagem criado por Aguinaldo Silva que ganhou fama na novela “Senhora do destino” e agora chega às telonas. O filme que leva o nome do protagonista estreia nos cinemas de Juiz de Fora nesta sexta-feira (17) e promete unir cinéfilos e noveleiros. Como ocorrido no folhetim da Rede Globo em 2004, o personagem é interpretado por José Wilker, que transporta para a sétima arte os principais bordões entoados pelo personagem durante a novela. Giovanni Improtta é um contraventor que sonha com a ascensão social e vive há anos com Marilene (Andrea Beltrão), sua ex-amante. Após a morte de um colega de trabalho, Giovanni tem a grande chance de entrar para a cúpula, um grupo formado apenas por grandes contraventores que está negociando nos bastidores a liberação dos cassinos no Brasil. Animado com o negócio, ele almeja também entrar para um badalado e exclusivo clube, que não o deseja por perto devido ao seu histórico como bicheiro. Para tanto, conta com a ajuda de Patrícia (Julia Gorman), a filha de um influente conselheiro que pode decidir sobre sua entrada ou não no clube. O problema é que Patrícia logo fica interessada em Giovanni, o que causa problemas no seu relacionamento com Marilene. Ao mesmo tempo existe um golpe sendo elaborado, sem que Giovanni saiba, para que seja preso.
    A primeira aparição do personagem Giovanni Improtta foi no livro “O homem que comprou o Rio”, de Aguinaldo Silva, lançado nos anos 1970. O autor incluiu o fanfarrão na novela “Senhora do destino”, alcançando grande sucesso de público. Logo após o fim da trama, em 2005, o livro escrito por Aguinaldo foi relançado com o título “Prendam Giovanni Improtta”. Neste mesmo ano, José Wilker adquiriu os direitos de adaptação para o cinema. O filme, com orçamento de R$ 6 milhões, é a estreia de Wilker como diretor de longas-metragens. O elenco conta ainda com Milton Gonçalves, Jô Soares, Othon Bastos, Hugo Carvana e Gregório Duvivier.

  18. Gostei da entrevista!!! Adoro esta personagem na novela e fiquei muito contente dela ter crescido na trama! Muito mesmo!!!

    Pessoas assim vão longe!!!

    E a Thammy, hein??? Eu adorooo quando as pessoas começam a criticar negativamente alguém e este alguém não se abala e aproveita para tentar crescer com as críticas! Foi o que aconteceu com a Thammy! Parabéns também!

    Bjos

    ;]

  19. Gabriel FARIA ADORO LER SEUS COMENTÁRIOS VC MANDA BEM VIU!!
    .E continue comentando tudo o que achar por direito.

    ADOREI O papel dessa moça bonita waleska em salve jorge,gostei também da pipipipipipipi… lá vem o recalque, sou maria vanúbia meu amorrr!!! não sou bagunça!! comigo é só no glamur e no glóss!!
    se na Avenida BRASIL,aquela empregada engraçada “zezé da dança do amendoim” roubou a cena na reta final…em salve porém, foi a vez de maria vanúbia periguetikkkkk adorei elas todas.
    E agora toda novela vai ter que ter um pescoço, e uma vanúbia desbocada,ontém na churrascaria em que trabalho todos pararam pra ver as loucuras da periguétihahahaha
    Eu adoro,todas as vilãs Brasileiras:De Fernanda da SELVA,A LIVIA MARINE DE SALVE JORGE.
    A GLÓRIA ESTÁ DE PARABÉNS POR ESSA PERSONAGEM.

  20. Eu nao vejo a novela,mas acompanho de longe… Dona Gansa e Dona Sonia ( nossa parceira aqui do lar ) nao perdem um capitulo.

    Mas torço pela Gloria Perez! Gosto dela.

    Legal a historia da Laryssa.Um exemplo pra essa garotada…

    Ela tem ainda um pequeno sentimento de culpa pela ausencia no Natal com a familia,tentou compensar com a Pascoa que nao é a mesma coisa…Viu,Laryssa?

    Fora isso,tudo de bom!

    Bela materia,as usual,dona Simone! ( sua sumida! )

  21. Entrevista simplesmente MA-RA-VI-LHO-SA!!

    Estava com saudades suas, Simone. Você é uma das melhores entrevistadoras que eu já vi! Sabe conduzir perfeitamente uma conversa e não simplesmente oferecer perguntas retóricas.

    PARABÉNS!! Muito mais sucessos e MUUUUITO mais entrevistas para o ASDIGITAL!!

    Por favor, volte semana que vem com uma nova, pois é gostoso demais ler suas entrevistas, principalmente quando são com atores, diretores e autores!

    VOCÊ VAI FAZER UMA ENTREVISTA COM A SUSANA VIEIRA, NÉ? QUE ENTRA AGORA NO AR! POR FAVOR! DIZ QUE SIIIM!!!

    Obrigado! Beijos e sucesso!

  22. Janete Clair de Lune escreveu em 16-05-2013

    Se eu ainda escrevesse novelas certamente Larissa seria uma das minha estrelas, e claro que a Simone descobriria o final de todas elas e assim ganharia mais uma arvorezinha da Abril pra sua coleção. Beijinhos querida!

    Ps: Adorei sua criatividade ao compor esse nome.

    Ps parte 2:
    Fico a imaginar…
    … Em tempos de Falta de criatividade da nossa teledramaturgia se a Janet Clair fosse viva, será que ela ainda seria a Senhora das 8???
    Ou iria cair no lugar comum de vários que estão ai na tv a por a mesma novela no ar a mais de 20 anos, só a trocar o nome das personagens?!

  23. “Aquela menina fez um esforço grande, mas o problema é que todo mundo quer ser Odete Roitman”, disse a atriz alfinetando todas as vilãs.

    Ps: Eita que a Gloriosa Beatriz Segall esta a divar por ai!!!
    Estou cansado de dizer por aqui que quem nasceu para Carminha nunca chegará aos pés de uma Vilã de nosso Aguinaldão.
    E essa falta de pauta do Video Show reprisando a Avenida Insuportavel Brasil novamente, e eu tendo que abaixar o volume da minha tv ou até mesmo deixando sem som, por que oh! povinho para berrar!!!
    O que aconteceu com A novela em questão é que tudo deu certo.
    Mas dizer que a novela foi um marco em nossa teledraturgia ai já é um pouco demais.
    Sabe o que me deixa mais irritado, nem sei se essa é bem a palavra, esse pessoal jovem mais ou menos minha idade, que não sabe o que é uma atriz de verdade dizendo que isso da Madame Segall é recalque.
    Oras e ninguém mais pode ter opinião não é?!
    Pois então concordo plenamente com a Madame Segall, achava a Carminha vulgar, torpe e o que valha.
    Confesso que assisti o capitulo 100 da trama com um esforço QUASE SOBRENATURAL, mas quando começou aquela baixaria toda, aquele povo no mato perdido e berrando, ai meuuuuuuuuuu Deus, não aguentei.
    Fala-se, fala-se e fala-se, mas não dizem por ai que Avenida Brasil em pontuação e em qualidade para mim foi inferior a Fina Estampa.

    Dizem que o João tem ideias novas e tudo mais, até concordo, mas e a dualidade das protagonistas Donatella e Flora, não houve algo semelhante entre Carminha e Rita????

    E o Video Show Mon Dieu!!!
    Aquele cenário pesado, escuro, mas parece que quem o fez copiou o cenário do Insosso e Insone Desencontro.
    E para piorar a Madame Boninho brincando de apresentadora…. Ai o fim!!!

  24. Pode apostar!

  25. Aí tem!

  26. Simone,
    Sua danadinha, você conhecia o talento da moça, sabia também que eu estava escrevendo o roteiro de Avenida Brasil, e não me avisou de nada.
    Quanta maldade!
    Rsssss.

  27. … ainda bem que cheguei na frente dos “colegas” na hora de escalar o elenco!!!
    Ufa!!!
    Valeu a dica!
    Beijos Simone!

  28. Simone querida, mais um furo seu! Aqui no céu li sua entrevista com a Larissa e fiquei lembrando daquela vez em que você descobriu o final de Tititi, não o remake, mas o meu original, e publicou na revista Manchete. Saudades!

  29. Se eu ainda escrevesse novelas certamente Larissa seria uma das minha estrelas, e claro que a Simone descobriria o final de todas elas e assim ganharia mais uma arvorezinha da Abril pra sua coleção. Beijinhos querida!

  30. Simone sua danadinha, você sempre descobrindo novos talentos, é por isso que ganhou tantos prêmios, vou querer a Larissa para o remake de Quatro por Quatro. Continue assim!

  31. HELLO HELLO FRIENDS FROM BRAZEEL PLEASE PLEASE PLEASE PLEEEEAAAASE vote FOR THIS GUY : Mohammad Assaf,from Gaza,I AM IN LOVE WITH HIM,I LOVED THIS palestinian SINGER.

    ARAB IDOL : http://www.youtube.com/watch?v=Tuk2thD5dH0

    GIVE MOHAMMAD A BIG YESSS FROM BRAZEEL,FROM LOULA,FROM DEELMA,FROM OUR BELOVED FRIENDS FROM RIO DE JANERAAAAA!!!!

  32. Silllllllllllvio!!!! Que maravilha vc por aqui!!! Saudades também. Gostei muito da Laryssa: tem talento e personalidade. Além da beleza. Mas vc é uma pessoa péééééésssssssima, por que me lembrar daquela história??? Poderia ser mais um arvorezinha da Abril na minha gaveta!!rsrsrsr Bjssss

  33. Parabéns Laryssa, mulher de atitude e atriz de grandes predicados! Espero revê-la em breve na telinha, quem sabe numa novela de um certo novelista de cabelos prateados…Sucesso pra você!

  34. Adorei a entrevista,gostei da actriz, ainda nao a assisti mas vou assisti la assim que começar a passar aqui em Portugal

  35. Aguinaldo Silva, sempre 98 tiros certeiros! Seria Laryssa Dias a nossa Janet Gaynor?? Mas que a estrela vai subir, lá isso vai!! E para Simone Magalhães muitas saudades… E ainda rindo muito daquele furo de Passione! Abs,

  36. Bom dia, portal,

    Notei na entrevista da Simone que a Laryssa Dias é uma pessoa bem centrada e equilibrada. Até na alimentação, pois prefere manter um estilo de vida mais saudável. Nem parece a idade que tem. Achei que tinha uns 20 anos.

    Gostei muito da atuação dela em \"Salve Jorge\". Espero vê-la em futuros trabalhos!

    Bye bye.

  37. Bom dia, portal,

    Notei na entrevista da Simone que a Laryssa Dias é uma pessoa bem centrada e equilibrada. Até na alimentação, pois prefere manter um estilo de vida mais saudável. Nem parece a idade que tem. Achei que tinha uns 20 anos.

    Gostei muito da atuação dela em “Salve Jorge”. Espero vê-la em futuros trabalhos!

    Bye bye.

  38. Sr. Cabelos Ag – Licenção.

    Juju, – [muitos sorrisos, meio tímido meio cheio de ”te mete”] – vou começar andar com olhos pra tudo quanto é lado pra não ser pegado de surpresa.
    O meu ainda é virgem!
    Abraços e beijos, ”sô du bixiga, meu!”

  39. Guiguitinho da Jujuca,lindinho da neneca,Midinhas da minha vida,tu anda numa fase mais gay como há muito eu nao te via ehemmmmm? Amor grego aqui,tripulação gay ali,cartórios celebrando casamento,não sei mais o que,amdado da véia jujuca…..Afff… e eu ando otimista sabe com o que ehemmmmm? Em dar uma chave de coxa bem dada no Glu glub glu do nemo quando ele menos esperar….kkkkkkkkkk! Afff…eu aindo pego ele aqui pelo Bixiga!!

  40. Tom Guimarães escreveu em 14-05-2013

    Ps: De nada esse menino.
    A Hilda Hilst diz uma frase que eu gosto muto:
    – Um poema no leitor para mim tem que surtar no leitor para mim a sensação de um soco no estomago, pois com um soco no estomago ninguém fica inerte.
    Afff!!! Essa pseudo intelectualidade me enoja.
    Indo ali vomitar.

  41. O desenvolvimento dessa personagem foi fantástico… a Laryssa é linda e tem grande talento tanto que ela consegue prender o público com sua simpatia e determinação na fala. Ela é tão atrativa que me fez parar tudo para vir ler essa entrevista. Adorei, espero vê-la em breve porque vamos ficar com muitas saudades.

  42. Tinha um tempinho que eu não passava por aqui por causa de muito trabalho e estudo, mas adorei a entrevista com a Waleska! Ela é muito melhor do que muitas protagonistas dessa novela sem pé nem ccabeça!hahaha Fiquei meio curiosa qdo abri o site senti uma inclinação GLS. Entendi certo? Nada contra, hem, tenho vários amigos gays, mas gosto do site com reportagens, novelas e histórias legais do Aguinaldo Silva. Bjks!

  43. Ó Gabriel, obrigado!!!!

    É verdade. Essa genialidade dos roteiros do Almodovar muitas vezes esconde discursos muito pesados. Claro que isso é arte, essa capacidade de incomodar, de deixar este estranhamento. Mas sinto que muitas vezes as pessoas nem sabem por que gostam de seus filmes, nem sabem dizer do que realmente ele está falando, e ficam simplesmente deslumbrados com seus roteiros, trilhas sonoras, cores, e aqueles personagens fora da curva, mas nem desconfiam de que ouviram um discurso pesadíssimo, e do qual são contrários. Acham lindo e amam porque é cult, porque é chique gostar do Almodovar, mas refletir que é bom…

  44. Tom Guimarães escreveu em 13-05-2013

    Gosto do Almodovar no que ele tem de melhor: seus roteiros descontruidos, aquela capacidade de contar três historias diferentes que em dado momento vamos perceber que fazem parte de uma única! A também incrível capacidade de reunir elencos maravilhosos em personagens insuspeitados, o flerte com a marginalidade, e suas cores – mais brilhantes nos seus primeiros filmes.
    Mas existe também algo que as vezes me incomoda, aquele tipo de discurso niilista presente em quase todos os seus filmes. Tenho com este diretor um caso de amor e ódio.

    Ps: Gostei muito desse seu comentário.
    Gosto de ler o que você posta, acho seus comentários sempre propicios.

    Ps parte 2:
    Espero que nessa nova pelicula o Almodovar nos surpreenda.
    Confesso que ando carente de alguns titulos interessantes para assistir nas madrugadas de insônia!!!

  45. Ainda sobre Almodovar, vixe como Eu estou atrasado…
    … Eu fico a pensar como é que deve ter sido a infância de certos gênios???
    De que brincavam?
    Do que gostavam?
    Como eram na escola?

    Da obra de Almodovar eu posso citar o Matador como um de meus prediletos.
    O Antônio Bandeira bem jovem, mostrando já todo o seu talento.
    Na pelicula podemos perceber a provocação da viuva negra logo nas primeiras cenas quando a mulher tira a mantilha do cabelo e crava um golpe mortal no homem logo depois que ela tem seu orgamos.
    Almodovar e sua sexualidade aflorada, caracteristica obvia de nós homossexuais.
    Carne Trêmula tem uma das cenas mais sensuais que já vi, quando o Vitor e a Elena vão as vias de fato numa sequência perfeita de cenas.
    A má educação talvez seja um dos que mais me identifique, me faz refletir sobre a vida e sobre mim mesmo.
    No que uma pessoa pode se transformar e ser tranformada.
    Sempre me pergunto quem é o vilão da trama o Angel, o Pe Manolo ou seria o Ignácio.
    E por fim Almodovar nos brinda com sua Obra Prima, em minha opinião claro, A pele que habito.
    A pele que habito a começar pelo titulo já nos surpreende.
    Meu Deus a cena da Cocha Buika a cantar no casamento é deslumbrante.
    O que o desejo de vingança é capaz de fazer.
    Até onde uma pessoa pode interferir na vida de outra/outras?!
    Um filme terror?
    Um filme de terror sim!!! Terror psicológico.
    A atriz que fez a Vera nos passa tanto sentimento, um medo, uma agonia, no minimo deveria ter ganhado um Oscar.
    Mas é essa a sensação que tenho que A pele que habito é um filme extremamente injustiçado não ganho nem um Oscar, nenhuma indicação.
    Que Absurdo.
    Mas o Almodovar é um cineasta desses que quando partir vai fazer muita falta, mas o bom disso tudo é que sua obra será eterna!!!

  46. Lindinha que aos poucos vai se entronizando. Outras novelas , certamente, virão para essa lindinha.

  47. Bonita e ela vai lá chegar onde quere…
    Obrigada Simone por mais uma das suas entrevistas que dá gosto ler.
    Beijo
    Magdalena

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Security Code: