NOVELA OU OLIMPÍADA?

» Públicado por em jan 11, 2014 | 57 comentários

 

A partir de agora e nos próximos 15 meses duas palavras terão uma importância toda especial no meu vocabulário: concentração e foco. Tenho que me concentrar e focar no meu trabalho. E o meu trabalho – vocês sabem – é escrever novelas.

(À procura da mansão certa para uma das personagens em Petrópolis)

Não pensem os jovens que aspiram à “glória” de se dedicar a esta profissão que nela tudo é festa e fogos de artifício. Não – é apenas trabalho duro e contínuo. É ranger de dentes por conta da sensação de que, por mais que se corra, tal como o coelho de Alice estaremos sempre atrasados. É adrenalina. É crise hipertensiva, é dor na coluna, é a tendinite que você, obrigado a dedilhar 34 páginas por dia, tem que mandar pra casa do carvalho. Enfim, é desejar a morte no fim da noite e ter que estar mais vivo que nunca quando amanhecer o dia…

E é também ter o couro duro – para ignorar o desdém da mídia, que acha nosso trabalho menor e por isso nos trata de forma às vezes desrespeitosa, e para relevar as exigências do telespectador, que nos pede o sacrifício de um leão por dia ou diz que “a novela está ficando chata”.

Escrever novela é isso: um salto no abismo, o vôo cego de uma flecha em direção ao escuro absoluto lá no fundo.

Por ser uma profissão tão árdua, não só pelo esforço intelectual, mas também pelo desgaste físico, ela exige, mais que inspiração, concentração e foco. Você tem que espanar e varrer pra debaixo dos tapetes tudo que não diga respeito à novela e se concentrar e focar apenas nela… Já sabendo que ela vai sugar sua alma.

Claro, tem autor que se dedica a assuntos paralelos enquanto escreve novelas, e eu os admiro por isso. Mas não admiro o trabalho deles – sinto que falta neles o amor que me faz esquecer qualquer outra coisa quando estou trabalhando. Um telespectador acostumado com o gênero percebe a diferença entre um autor focado e concentrado e outro que apenas cumpre sua tarefa… E certamente gosta mais dos trabalhos do primeiro.

Agora que já entreguei a sinopse à emissora, passo a seguir fielmente o meu cronograma de preparação: é como se fosse disputar uma olimpíada. Semana que vem terei dentista, oculista, check up médico e clínico… E se tudo estiver nos trinques, a partir daí: caminhadas de 90 minutos três vezes por semana; multi-super-vitaminas diárias e mais Glucosamina para fortalecer os ossos; olho na pressão arterial e na balança; puta-que-pariu pra qualquer problema que não tenha a ver com o trabalho, incluindo os problemas dos meus amigos; manter o despertador nas permanentes 5h30m, tomar banho frio – desde que a temperatura ambiente o permita – pra despertar até o mais insignificante dos músculos, comer bem, mas sem excessos… E sentar o bundão na cadeira diante do computador sabendo que só posso levantar de lá para o primeiro cafèzinho depois de cumpridas pelo menos três horas de trabalho… E aí, quando levanto, descubro que não tenho mais pernas – e haja câimbras.

Você aí, que sonha em ser novelista, acha que será capaz de enfrentar estes sacrifícios todos?… Ou é melhor, por exemplo, ser deputado federal ou líder sindicalista?

O problema é que quando você se torna um novelista descobre que não quis apenas sê-lo, aquele era o seu karma; o seu destino. E por ele vai ter que sofrer muito. Mas eu seria pessimista se dissesse que nesta profissão tudo é sofrimento. Não! Há alegrias também e muitas. A mais rampeira é quando você vê seu contracheque no fim do mês e diz pra si mesmo: “well… Até que não me dei mal na vida”. E a maior de todas é quando encontra um telespectador na rua e ele o aborda com o maior carinho e lhe diz: “acho o seu trabalho o máximo!”.

E, sem falsas e inúteis modéstias, querem saber? Isso acontece com este novelista que vos fala a todo instante… E ele adora! (Aguinaldo Silva)

57 comentários

  1. Maria T. Fagundes,
    Oi Aguinaldo,
    Estou sempre indagando sobre como mandar um projeto (novela) para ser apreciada. Nunca obtive resposta. Então pensei: você sempre teve a preocupação pela descoberta de novos talentos, certo? Que tal então, montar uma seleção de histórias, apurar as mais significativas e aproveitá-las? Lembrando Aguinaldo, que nem todos nasceram para desenvolver uma novela como você por exemplo, mas muitos conseguem criar maravilhosas histórias que poderiam ser de grande valia . Digo isso, porque bem sabemos, como você mesmo concorda, alguns autores têm se repetido descaradamente na tv. A ideia é diversificar, apoiar imaginações… E se for interessante para a emissora, (tenho certeza que sim) esta poderá premiar o novo escritor, e quem sabe até ter seu nome divulgado como idealizador do projeto. Pense nisso… Me responda.
    Caso você se interesse, tenho duas histórias inéditas para apreciação.
    Olá, Maria T. Fagundes…
    Há tempos venho propondo esta mesma idéia, inclusive aqui mesmo no site, quando ele tinha outra “cara”, mas imagino que o sr. Aguinaldo Silva nada possa fazer, pois nunca me deu uma resposta sobre o assunto.
    Minha sugestão é que as emissoras criem um banco de idéias com uma equipe encarregada de ler as histórias e selecionar as melhores para que os autores/escritores da casa as desenvolva com o talento que têm para escrever; pois como você, penso que o talento para escrita é diferente do talento para criação; uma pessoa que cria pode não ser um bom escritor como exige uma novela, pois sei que é um trabalho Hercúleo escrever um capítulo por dia sem deixar que a qualidade caia e continue prendendo o telespectador diante da Tv por meses a fio. Mais difícil ainda deve ser colocar um ponto final na história depois de tanto tempo de forma a agradar a gregos e troianos.
    Também tenho duas histórias para apreciação, uam vez até cometi o erro de mandar uma cópia para a Record e SBT, a primeira me respondeu por carta padrão que ninguém na emissora está autorizado a receber ou ler qualquer história enviada por pessoa que não seja do quadro de autores da emissora. Ou seja: preferem se repetir, exibir novelas de gosto e qualidade duvidosa que dar oportunidade para novos criadores.
    Mas ainda espero chegar o dia em que terão que dar a mão à palmatória.
    Sorte para você. Sorte para nós.

  2. Ola Aguinaldo
    gostaria muito de ver a atriz Cristiana Oliveira em sua novela, pois é uma das excelentes atrizes global que vem sendo esquecida na emissora.
    Aguardo um retorno ,obg…

  3. Ao mesmo tempo em que me sinto inspirada “te lendo” e imaginando que há tempo pras prioridades desta vida fico me questionando sobre como me encaixar nas minhazinhas… Obrigada por compartilhar, sempre, e ensinar. Bjo.

  4. Imagino como deve ser difícil escolher uma fachada de uma mansão em Petrópolis ja que é cada uma mais bonita que a outra, assim como em Lisboa, a diferença aqui é que a maioria estão deterioradas.
    Mas existem aquelas da linha de Cascais na altura de Oeiras que foram dos Portugueses que emigraram para o Brasil e ganharam bastante dinheiro, são lindas, são estilo mini palácios.Mas como essas pessoas geralmente já morreram essas casas, quase todas elas, estão com placa de vende se, pois claro, são casas que requerem uma manutenção alta e os herdeiros claro, querem vendê las.

  5. Oi Aguinaldo,

    Desejo uma linda novela. O trabalho quando é feito com amor aparece e isso você tira de sobra. Gosto de ver sua dedicação e entrega quando está escrevendo uma novela.
    grande abraço, Andre

  6. TRISTE…

  7. Falso Brilhante é um nome excelente, bem parecido com o senhor… Eu gosto desse amor que defesa que tens pela novela. Eu também adoro… E vivo brincando de criar novela, digo brincando porque perdi todas as esperanças de um dia crescer e ser como você. Crio personagens, trilhas e lindas histórias.

    Estou muito contente com as sequências de novelas das 9 que vem; a do Maneco, EM FAMÍLIA, depois a sua, dois sucessos garantidos. Fico imaginando quando não houver mais vocês, autores que me ensinaram a amar novela, a me encantar, quando hoje aos 30 anos não sinto prazer algum em ver o que se passa. Ainda bem que tem Roque Santeiro, Tieta… Tenho Por Amor, Mulheres Apaixonadas, Vale Tudo, Laços de Família, Páginas da Vida, Viver a Vida, Que Rei sou Eu? E todas excelentes minisséries. Reasisto tudo isso, me dá mais prazer. Que venha FALSO BRILHANTE, DIAMANTE VERDADEIRO… ENFIM.

  8. CONCENTRAÇÃO e FOCO são fundamentais pra quem busca qq coisa maior na vida. Essas são as palavras de 2014 pra mim e muitos amigos que tenho conversado. Para o artista, inquieto por natureza, é uma batalha constante! Secsso em mais uma obra! Merda!!!! 😉

  9. Adorei a escolha de Leandra Leal para protagonista de “Falso Brilhante”.

  10. Eu acho o seu trabalho o máximo. E acho vc o máximo tb. Sem babação, que não sou disso. Mete bronca, quereeeeeeeeedo!! Ah, sempre achei massa esse ”quereeeeeedo” tb. bjo.

  11. Aguinaldo, adorei a escolha da Leandra pra protagonizar a sua próxima novela. Acho ela uma atriz espetacular, e merecia essa chance faz tempo…

    😀

  12. Leandra Leal será a protagonista da novela de Aguinaldo Silva

    A atriz Leandra Leal, após trabalhos em “Cheias de Charme” e “Saramandaia”, acaba de fechar participação em uma nova produção da Globo.

    Ela será a protagonista de “Falso Brilhante”, título provisório da próxima novela de Aguinaldo Silva, prevista para estrear em agosto.

    http://televisao.uol.com.br/colunas/flavio-ricco/2014/01/14/leandra-leal-sera-a-protagonista-da-novela-de-aguinaldo-silva.htm

  13. Aguinaldo a novela das 18 hs.Joia Rara esta muito agressiva, eu acredito que na época de 1945, não havia tanto marginal, tanta gente agressiva, tanto mau caratér , tem que mudar isso, não e só bandidagem que dá audiência não, na época existia mais amor e respeito pelo ser humano.

  14. A casa mais linda da Koeler é a que pertenceu ao Doutor Nascimento Brito, do JB. Branquinha, do lado esquerdo sentido Praça da Liberdade, tem um jardim em toda volta e uma varanda romântica. Ao mesmo tempo que é delicada, firma-se imponente, sem usar a extravagância.

  15. A casa mais fofa Koeler é a que pertenceu ao Doutor Nascimento Brito, do JB. Branquinha, do lado esquerdo sentido Praça da Liberdade, tem um jardim em toda volta e uma varanda romântica. Ao mesmo tempo que é delicada, firma-se imponente, sem usar a extravagância.

  16. OI, AGNALDO

    Sou escritor e gostaria saber o que é preciso pra ser um autor de novelas,além da aptidão para a escrita.
    abraço

  17. tem que realmente nascer com o Dom, admiro muito seu trabalho, tem uma profissão emocionante, como você mesmo cita é um trabalho ardo, que exige plena dedicação, fiz teatro amador no rio em 96, mas o meu sonho ainda é fazer uma novela sua e se Deus quiser você ainda vai me dar uma chance, sorte ai no novo trabalho e um grande beijo no coração, senhor luz….

  18. Oi Aguinaldo, eu gostei do seu artigo, ele me fez sorrir e compreender, a verdade nem estava lá com as novelas, só engate Amor a vida por Paola Oliveira. Y. .. bom uma vez dentro desse universo, se envolve com o que você vê e … para ser honesto eu não gostava da orientação a história tomou, finalmente, os seres humanos são sempre insatisfeitos, ne ? O ponto é que você me fez ansiar ver sua novela.

  19. Oi Aguinaldo, tudo bem?
    Meu nome é Maria Fernanda, eu tenho 14 anos e sou de SP. Eu faço teatro desde os 6 e, hoje em dia faço um curso técnico profissionalizante no Studio Beto Silveira. Tenho uma meta e pretendo alcançá-la com muito esforço e persistência.
    Descobri a arte bem pequena e hoje tenho uma dimensão do poder que ela pode causar nas pessoas. A cada dia me apaixono mais pela arte do ator; que com seu trabalho pode fazer uma única pessoa rir, chorar, refletir e trazer diversos outros sentimentos em um curtíssimo espaço de tempo. Isso pra mim é…. sei lá coisa de outro mundo!
    Fui agenciada a bem pouquinho tempo na agência Tribo de Atores e estou tentando correr atrás disso. Tenho consciência de que é um trabalho ULTRA difícil e que nem tudo é como parece ser. A cada dia me apaixono mais pela profissão e pretendo exercê-la com muita dedicação. Já fiz peças escolares e de conclusão de módulo sim, mas nada mais sério.
    Bom,acho que é só… rsrs. Aqui embaixo vou colocar o link do meu videobook e eu espero que você consiga ver! Obrigada, beijos e sucesso nessa novela!!! (quem sabe possamos trabalhar juntos 😉 )

    http://www.youtube.com/results?search_query=maf%C3%AA+bernardes&sm=3

  20. Olá Aguinaldo,
    Gostaria de saber se seria possível você disponibilizar a sinopse completa da telenovela “Fina Estampa” aqui no seu blog. É que estou realizando um trabalho acadêmico sobre ela e esse material me seria de grande valia. Desde já, muito obrigado.
    Abraços,
    Welkson

    Aguinaldo Silva
    Meu caro Welkson, as sinopses dos autores contratados pela Globo, uma vez entregues à emissora, tornam-se propriedade dela. Assim, só a emissora pode disponibilizá-las. E eu estaria cometendo uma falta grave, do ponto de vista contratual, se as divulgasse aqui. Por esta razão não posso atender ao seu pedido. Abraço.

  21. Olá Aguinaldo,
    Gostaria de saber se seria possível você disponibilizar a sinopse completa de \"Fina Estampa\" aqui no seu blog, assim como você fez em relação à sinopse de “Duas Caras”. É que estou realizando um trabalho acadêmico sobre ela e esse material me seria de grande valia. Desde já, muito obrigado.
    Abraços,
    Welkson

  22. Olá Aguinaldo,
    Gostaria de saber se seria possível você disponibilizar a sinopse completa de “Fina Estampa” aqui no seu blog, assim como você fez em relação à sinopse de “Duas Caras”. É que estou realizando um trabalho acadêmico sobre ela e esse material me seria de grande valia. Desde já, muito obrigado.
    Abraços,
    Welkson

  23. Olá Aguinaldo,
    Estou escrevendo um trabalho acadêmico sobre “Fina Estampa” e gostaria de saber se seria possível você disponibilizar a sinopse completa dessa telenovela aqui no seu blog, assim como você fez em relação à sinopse de “Duas Caras”. Ficaria bastante agradecido.
    Abraços,
    Welkson

  24. Não sou nem louco de propor trilha. Mas música para inspirar posso, né?

    Geraldo Azevedo – “Dia Branco”
    http://youtu.be/g7jVuQ62Nt8

  25. Caríssimos,
    Não estou puxando a brasa pra minha sardinha, mas busco esclarecer alguns equívocos sobre o trabalho do jornalista. Estou nessa jornada há quase 30 anos, e nunca vi colegas de profissão demonstrarem “inveja” de outras atividades, já que o jornalismo acaba se tornando um sacerdócio, uma dedicação integral, e quase sempre definitiva. Quanto à perseguição a outros profissionais é muito fácil jogar nas costas da mídia qualquer tipo de retaliação. Aliás, em tudo de ruim que acontece atualmente a mídia está no meio. E tem gente que nem sabe ao certo o que é mídia, mas ela funciona como bode expiatório. Um dos primeiros e principais aprendizados na faculdade de jornalismo é a importância de ouvir não apenas os dois lados, mas sim todos os lados possíveis. Assim, poderemos dar ao leitor uma visão mais ampla do que foi apurado para que ele se aprofunde – se quiser – no assunto ou se sinta suficientemente informado, fazendo sua leitura sobre o que foi publicado. Seria bom se todos que têm dúvidas tentassem se informar um pouco mais sobre o exercício do jornalismo, o nosso código de ética, as dificuldades enfrentadas, a vida corrida na busca pelo melhor que pudermos dar a quem nos lê, vê ou ouve. É claro que, como em todas as profissões, há pessoas que não dignificam seus diplomas. Mas ainda acredito que, pelo menos no caso da que escolhi, o número de profissionais não gabaritados é muito menor do que alardeiam por aí. Pensem nisso. Bjssss

  26. É isso aí querido, todo trabalho tem seu labor. Com certeza será tempo bom de entretenimento para todos nós que gostamos de seu trabalho. Embora percebemos que isso lhe exige um tempo de esforço, sabemos , também, que lhe dá as honras devidas.
    Saudade de um bate-papo com voce!
    Tudo, mas tudo de bom pra você e toda a equipe que estará empenhada em mais está grande Vitória!
    Aquela paz!
    Roze.

  27. Eu sempre admirei e respeitei os textos que me foram confiados, pq eu sei o trabalho que o autor teve para se inspirar, escrever e re-escrever…dai não é justo que venha um ator ou diretor e mude tudo tudo…claro que tem algumas exceções, para pequenas adequações a cena..enfim…realmente é uma tarefa árdua. Você não precisa provar nada para ninguém de seu talento… você faz bem pensar na sua saúde, não esqueça de dedicar um tempinho após o trabalho para relaxar…a vida não é só trabalho e dinheiro…é bom buscar o equilíbrio…a vida é para ser vivida também…se não ela vira uma sequencia de dias apenas…VIVA O TRABALHOOOO, VIVA A VIDAAA…rsrsr…Boa sorte!

  28. PS sonhar-é-grátis
    Um controle remoto ou uns quantos serviçais ingleses como os de D. Abbey para arrumar as minhas 3 malas, 2 maleas y 2 bolsas de mão!
    Kkkkkkkk

  29. Oi Aguinaldo,
    Estou sempre indagando sobre como mandar um projeto (novela) para ser apreciada. Nunca obtive resposta. Então pensei: você sempre teve a preocupação pela descoberta de novos talentos, certo? Que tal então, montar uma seleção de histórias, apurar as mais significativas e aproveitá-las? Lembrando Aguinaldo, que nem todos nasceram para desenvolver uma novela como você por exemplo, mas muitos conseguem criar maravilhosas histórias que poderiam ser de grande valia . Digo isso, porque bem sabemos, como você mesmo concorda, alguns autores têm se repetido descaradamente na tv. A ideia é diversificar, apoiar imaginações… E se for interessante para a emissora, (tenho certeza que sim) esta poderá premiar o novo escritor, e quem sabe até ter seu nome divulgado como idealizador do projeto. Pense nisso… Me responda.
    Caso você se interesse, tenho duas histórias inéditas para apreciação.

  30. Agora eu vou ali fazer um negócio chato e detestável: arrumar mala! Adoro viajar, fazer as malas, não gosto não.

    Queria um controle remoto com uma tecla de artumar malas!

    Hasta ponto.

  31. Minhas férias acabaram, buaaaaaaaaaaaá!
    Viajo back home esta madrugada, chego domingo e segunda? Segunda dieta de xô-pra-fora-que-esses-quilinhos-extras-não-me-pertencem!

    Trabalho não tem fim, férias sim.

    Renovei estoque de causos, histórias, estórias, risadas e etc. Paraiba, Ceará e Piaui em 18 dias, com Natal, Reveillon, casamento e muitos encontros.

    Já estou com saudades do mar, ai o mar, um amor de toda a vida, dessa vida e de outras vidas.

  32. Josephine minha comadre, saudades!
    A Ludilene as vezes é azeda mas nem sempre, risos.

    E o Jean Pierre (ai minha Nossa Senhora das loiras esquecidas, será que era esse o nome mesmo?) foi preso, é intriga da oposição ou muito pelo contrário?

  33. Aguinaldo meu moço de Carpina eu ACHO O SEU TRABALHO O MÁXIMO!

  34. E lá vamos nós”otravez” ! Você no tac-tac e nós com os olhos pregados na telinha. Prevejo um ano de muitas glórias para você! Merda, merda, bastante merda!

    Beijos no coração!

  35. Não é todo dia que lemos um texto inspirador desses. Pra quem quer ser novelista, um conselho de um Mestre como você é sempre uma guinada. Os leitores já se pegam escrevendo novelas de sucesso, bordões que caem na boca do povo, Vilões amáveis e uma História de amor inesquecível. É Isso o que os seus conselhos provocam nos seus admiradores. Seu texto passa confiança, coragem e mostra os dois lados da moeda. Quais são os prós e contras dessa profissão nem sempre levada a sério, apesar de exigir um esforço tanto mental quanto físico. Não é todos que conseguem ter criatividade para criar uma trama que para o País e você com esse talento consegue isso e um pouco mais. Você é o único que se preocupa com a futura geração de Novelistas e isso é o que eu mais gosto em você. Você é do povão e sabe o nosso gosto. Como o Gilberto disse: O Aguinaldo é que sabe escrever pra pobre.
    E é isso o que você ganha. Admiração e respeito. Esse seu texto me fez repensar se eu realmente quero ser novelista. E quer saber? Eu fiquei com mais vontade ainda. Não pelo “well… Até que não me dei mal na vida” (Ok, isso também), mas por um dia servir de exemplo para alguém, assim como você é pra mim. Eu sempre digo que os novelistas estão na mão dos Brasileiros. Mas os Brasileiros só os acolhem na palma de suas mãos, se o novelista tiver criatividade inovadora, carisma, dedos-de-aço e Sangue Frio pra não se importar com as críticas negativas. Um dia, se te ver na rua eu farei o mesmo que o telespectador do texto fez: Te abordar e falar “acho o seu trabalho o máximo!” e ainda acrescentarei “Um dia quero ser igual a você!”. Sou Brasileiro e Cearense. Garra é o que não me falta.

  36. Aguinaldo, estas postagens são as que tenho sempre como minhas prediletas!Não por serem melhores ou piores (pois melhor e pior neste caso é tremendamente subjetivo),mas por elas permitirem uma grande aproximação (por identificação) com você.

    Tuas palavras vão muito além do ofício de novelista. Pessoas que lêem suas palavras e amam o que fazem, ainda que não almejem escrever telenovelas, sentem o que você escreve! Já aqueles que ainda não encontraram o seu ofício, a sua paixão criativa/profissional, com toda certeza ficam com um buraco no peito…com uma sensação de estranhamento.Porque é muito bom sentir esta plenitude que você transmite em suas palavras ao falar do ofício de novelista.

    Você me fez lembrar as palavras de Andréa Beltrão e \"dona\" Fernanda Montenegro, na homenagem que esta recebeu no Domingão do Faustão: o ofício do ator (do verdadeiro ator, assim como do verdadeiro novelista) também é um karma! Caso fosse questão de escolha, ninguém em sã consciência, levando esta atividade a sério, a escolheria como atividade profissional. Os artistas tentam pelo menos alguma vez na vida arrancar de si este karma…e a vida fica preto e branco. Sem dúvida, a vida de um verdadeiro novelista não é diferente!!!

    Há a disciplina, a determinação, o foco (ah, o foco. Tão esquecido), o esforço…as dores, as perdas, as dúvidas, o stress…sempre superadas pela disciplina, determinação e foco..pois não há tempo a perder.

    O período de férias quando dura muuuuito tempo fica chato…a cabeça já começa a fervilhar de ideias e é preciso pedir pra ela ficar quieta durante uns dias…rsrs.

    Um ótimo trabalho pra você nesta Nova Jornada que se inicia!

  37. Aguinaldo, estas postagens são as que tenho sempre como minhas prediletas!Não por serem melhores ou piores (pois melhor e pior neste caso é tremendamente subjetivo),mas por elas permitirem uma grande aproximação (por identificação) com você.

    Tuas palavras vão muito além do ofício de novelista. Pessoas que lêem suas palavras e amam o que fazem, ainda que não almejem escrever telenovelas, sentem o que você escreve! Já aqueles que ainda não encontraram o seu ofício, a sua paixão criativa/profissional, com toda certeza ficam com um buraco no peito…com uma sensação de estranhamento.Porque é muito bom sentir esta plenitude que você transmite em suas palavras ao falar do ofício de novelista.

    Você me fez lembrar as palavras de Andréa Beltrão e “dona” Fernanda Montenegro, na homenagem que esta recebeu no Domingão do Faustão: o ofício do ator (do verdadeiro ator, assim como do verdadeiro novelista) também é um karma! Caso fosse questão de escolha, ninguém em sã consciência, levando esta atividade a sério, a escolheria como atividade profissional. Os artistas tentam pelo menos alguma vez na vida arrancar de si este karma…e a vida fica preto e branco. Sem dúvida, a vida de um verdadeiro novelista não é diferente!!!

    Há a disciplina, a determinação, o foco (ah, o foco. Tão esquecido), o esforço…as dores, as perdas, as dúvidas, o stress…sempre superadas pela disciplina, determinação e foco..pois não há tempo a perder.

    O período de férias quando dura muuuuito tempo fica chato…a cabeça já começa a fervilhar de ideias e é preciso pedir pra ela ficar quieta durante uns dias…rsrs.

    Um ótimo trabalho pra você nesta Nova Jornada que se inicia!

  38. A maratona será sacrificante, mas no final tenho certeza que dirá: “Consegui, mais uma vez!”
    E assim será, pois este é o seu destino: vencer!

  39. E viva a invicta cidade do Porto, onde eu nasci e vivo cá em Portugal.

  40. Viva Búzios, isto sim. Este negócio de viver em serra não está com nada. Gosto mesmo e de uma praia, de preferência de nudismo. Em Petrópolis só estive uma vez, para visitar o museu, achei marromenos.

  41. Viva Petrópolis! Depois que entrei aqui por causa daquilo que você escreveu sobre a Bohemia fiquei viciada. Nem sabia que tinha um lugar tão legal feiteo este, onde a gente pode entrar e botar todos os recalques para fora. Você é o máximo.

  42. Olha Washington, vou bancar o metido e responder em nome do Agnaldo: você pode registrar o titulo da novela sim, mas como marca comercial. Não sei se você sabe, mas existia um baile chamado Gala Gay no Rio. O promotor do baile nunca registrou o nome. Aí um espertinho foi lá na repartição que registra marcas e patentes, registrou o nome e depois quis vender à pessoa que o tinha inventado.

  43. Olá Aguinaldo boa tarde! Poderia me responder duas perguntas, umas dúvidas que tenho. Uma pessoa pode simplesmente registrar um nome de novela sem antes mesmo de terminar a sinopse da mesma? E se eu registrar uma sinopse de novela com um rumo para os personagens e no meio da trama resolvo dar um novo rumo para eles, isso implica em alguma coisa no registro que não constava isso??? Obrigado pela atenção! Se não for incômodo responda minhas perguntinhas rsrsrs. Um grande abraço!

  44. Nunca mais esquecerei dessas suas palavras “é desejar a morte no fim da noite e ter que estar mais vivo que nunca quando amanhecer o dia…” Imagino que escrever uma novela seja extremamente árduo, pois, criar todos os dias falas criativas, ganchos instigantes e conduzir um caminho coeso para os personagens… Haja criatividade, concentração e foco mesmo!!! Mas você tira isso de letra Aguinaldo, já é um Neymar das Novelas rsrs, que conduz a bola (audiência) com muita maestria. Parabéns pelo mais novo trabalho. Lhe desejo do fundo do coração toda o sucesso do mundo nesses seus dois novos trabalhos. Ah, adorei a mansão Branca, esquece a laranja, a Globo só anda colocando essa cor nas casas dos Personagens ricos, essa de Amor a Vida me parece a mesma de Cama de Gato e outras novelas passadas!!! Um grande abraço!!!

  45. Desclassificada é você, sua vagabunda! Pelo que li do seu comentário anterior, seu marido andou metido num golpe financeiro na Bélgica e acabou preso. Aposto que você não estava hibernando na Suiça coisa nenhuma, estava era na cadeia.

  46. Eu lhe vi ontem no final da tarde aqui em Petrópolis. Você entrou na catedral com um fotógrafo, ajoelhou e rezou enquanto ele tirava fotos. Espero que você as publique, porque nossa catedral é lindíssima. Quando você saiu resolvi segui-lo. E vi quando você entrou na Casa dos 7 Erros e foi jantar no Restaurante Bourdeaux, que funciona na antiga cocheira daquela mansão e também é lindo. Vê-se que você tem bom gosto. E o seu fotógrafo é um rapaz seriíissimo. Aquele é que é o Fco. Patrício?

  47. Enquanto eu estava hibernando num certo lugar da Suíça surgiu aqui essa tal de Ludilene Dantas, criatura odiosa, que só escreve comentários de baixo calão sobre o Aguinaldo. Eu se fosse ele mandava ela para a casa do… E bloqueava o nome dela, o e-mail e o endereço. Mulher mais desclassificada!

  48. Aguinaldo, desejo muita saúde e força, nos próximos 15 meses, estaremos aqui aguardando ansiosos para a estreia de ”Falso Brilhante” , pois sabemos que depois de uma longa soneca com o Maneco, vamos acordar com uma história de encher os olhos, com muita agilidade, humor, muita maldade,muito amor e lógico, com um texto Brilhante como o seu. Desejo muito sucesso pra você e também que as grandes atrizes ”Joana Fomm e Priscila Fantin” possam fazer parte desta sua obra. Grande Abraço. Sucesso

  49. Agnaldo, bota um PM na sua novela. A classe dos policiais está sob ataque da mídia que, não sei porque, quer ver as comunidades já pacificadas nas mãos dos traficantes de novo. A campanha contra a polícia nos jornais e na televisão chega a ser vergonhada. A polícia é culpada por agir e por não agir. Se tem um tiroteio entre polícia e bandidos no morro e alguém é ferido, as pessoas são sutilmente induzidas a pensar que quem atirou e feriu foi a polícia. É campanha mesmo, diária, até parece que esta gente preferia uma rua sem polícia, o que quer dizer uma rua sem lei e sem ordem, com o caos e a anarquia instaurados. Estudo direito, sou um cidadão como outro qualquer, apenas visto farda e policio as ruas, mas me sinto discriminado.

  50. E depois, Petrópolis de novo? Em toda novela sua esta cidade aparece. Quanto é que você está levando?

  51. Apenas o começo de mais uma jornada de sucesso absoluto!

  52. Até parece. Ganha uma baba pra ficar escrevendo umas bobajadas e ainda reclama? Por isso os garçons fizeram bullying contigo no tal restaurante, porque você é bem fresquete.

  53. Aguinaldo. Admiro demais teu trabalho e anseio que logo voltes à TV. Meu sonho é ter uma personagem de novela com meu nome. Acredito que nenhuma de sucesso, tenha tido como “Evelyn” uma referência de fama. Mesmo sabendo que meu pedido é pequeno demais diante das inúmeras preocupações que deves ter no momento, não me custa nada acreditar que ao menos pensou nessa possibilidade. Fica com Deus e mais sucesso.

    Evelyn de Oliveira
    Manaus – Am

  54. È isso aì,Aguinaldo!

    Dà-le!!! Estamos com vc!!!

  55. Bom diaaa!!

    É isso aí, Aguinaldo… A mídia invejosa sempre vai depreciar o trabalho dos novelistas, mas na verdade, eu acho que o quê eles querem mesmo, é ter esse posto…

    Mais vale mesmo o reconhecimento do público, que é pra quem você se dedica a escrever suas maravilhosas histórias que marcam nossas vidas e nos entretêm.

    Sua dedicação é admirável e com certeza vem aí mais uma campeã de audiência!!

    Muito sucesso nessa jornada!!

    😀

  56. Que delícia Aguinaldo, ter que escolher a mansão, tem cada uma mais linda que a outra, amei conhecer Petrópolis. Pois é, não parece ser fácil mesmo não a vida de novelista e, parece mesmo que você ama o que faz, por isso faz tão bem. Isso aí Aguinaldo, foco e tudo dará certo.

    Abraço!

    Obs: Estou enviando e está dando erro.

  57. Que delícia Aguinaldo, ter que escolher a mansão, tem cada uma mais linda que a outra, amei conhecer Petrópolis. Pois é, não parece ser fácil mesmo não a vida de novelista, só que, parece mesmo que você ama o que faz, por isso faz tão bem. Isso aí Aguinaldo, foco e tudo dará certo.

    Abraço!

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Security Code: